Chuva no ES: bombeiros cancelam ação contra coronavírus nas praias

A ação educativa com esclarecimentos à população sobre a importância de ficar em casa em função do coronavírus seria realizada nas praias de Norte a Sul do Estado

Publicado em 21/03/2020 às 09h53
Atualizado em 21/03/2020 às 16h30
Tempo chuvoso na praia de Camburi, em Vitória. Crédito: Ricardo Medeiros
Tempo chuvoso na praia de Camburi, em Vitória. Crédito: Ricardo Medeiros

Corpo de Bombeiros cancelou a ação educativa sobre o coronavírus que seria realizada neste sábado (21), nos balneários de Norte a Sul do Estado. O motivo é a chuva forte que atinge o Espírito Santo nesta manhã. 

O objetivo do trabalho era orientar as pessoas que estivessem em ambientes de praia para elas que se conscientizassem e voltassem para casa, minimizando os riscos de contrair ou transmitir o Coronavírus. A corporação enfatizou a que a ação não teria caráter fiscalizatório, mas sim informativo.

Também havia a previsão de militares a posto no mar, com embarcações, de quadriciclo e a pé na praia de Guriri, Conceição da Barra, Pontal do Ipiranga, Aracruz, Jacaraípe, ,Vitória, Vila Velha, Guarapari e Marataízes. 

EXÉRCITO TAMBÉM PODE AJUDAR

O governador Renato Casagrande (PSB) afirmou nesta sexta-feira (20) que pediu ajuda do Exército Brasileiro para colaborar na orientação de pessoas no Espírito Santo sobre a pandemia de coronavírus. A ideia é que esses homens circulem pelas ruas da Grande Vitória esclarecendo sobre o vírus e pedindo que os capixabas fiquem em casa.

Ainda é preciso que o governo federal autorize que o efetivo do 38º Batalhão de Infantaria possa ajudar nesse convencimento, mas segundo Casagrande, o comandante do 38º BI "está verificando e pedindo ao governo federal para que o Exército ajude". "A ideia é que o órgão, junto com os Bombeiros, circulem por espaços como praias para pedirem que as pessoas voltem para suas casas".

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.