ASSINE

Líder da Telexfree cria nova empresa de marketing multinível

Há cerca de um mês, Carlos Costa foi detido durante investigação que apura suposta ocultação de valores envolvidos com as atividades da Telexfree no Brasil

Publicado em 31/01/2020 às 20h56
Atualizado em 01/02/2020 às 14h46
Líder da Telexfree, Carlos Costa agora é CEO da Pipz. Crédito: Reprodução / Facebook
Líder da Telexfree, Carlos Costa agora é CEO da Pipz. Crédito: Reprodução / Facebook

Um dos ex-sócios da Telexfree no Brasil, Carlos Costa fundou uma nova empresa de marketing multinível. Segundo informações do portal UOL, Costa agora é CEO da Pipz e promove o negócio através de vídeos no Facebook onde promete "renda extra" por meio de consumo e "sem convidar ninguém".

Há cerca de um mês, Carlos Costa foi detido pela Polícia Federal em sua casa, em Vila Velha. A prisão ocorreu no âmbito da Operação Alnilan, que investiga suposta ocultação de valores envolvidos com as atividades da Telexfree no Brasil. Ele foi solto dois dias depois.

De acordo com reportagem do UOL, a Pipz é uma mistura de clube de compras, clube de descontos e marketing multinível. A empresa oferece uma plataforma de programas de pontos que podem levar a descontos em produtos e serviços e trazer retorno em dinheiro.

Quem se inscreve no programa de fidelidade,mas não paga a mensalidade, recebe pontos por fazer compras em lojas parceiras. Já quem opta por ser assinante do clube passa a ter ganho de pontos e dinheiro por meio da venda de produtos da marca e indicação de novos participantes. A assinatura custaria R$ 600 e as mensalidades R$ 49,90.

Ao UOL, a empresa afirmou que seu modelo de negócios consiste na compra de pontos pelos participantes, mensalidades pagas pelos assinantes e comissões sobre as vendas de pontos, produtos e vouchers de descontos. Segundo a companhia, a Pipz tem hoje mais de 10 mil usuários, entre cadastrados gratuitos e assinantes do clube.

A Pipz também apresentou ao jornal um laudo pericial da Justiça sobre a plataforma e declarou não ter ligações com a Telexfree, apesar de as redes sociais da pirâmide terem divulgado o lançamento da Pipz.

Com informações do UOL

A Gazeta integra o

Saiba mais
carlos costa telexfree

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.