ASSINE

Fila por auxílio de R$ 600 chega a meio quilômetro em Cariacica

Situação mostra o drama de muitas famílias que tentam sobreviver à falta de renda causada pela pandemia do novo coronavírus

Publicado em 05/05/2020 às 14h06
Atualizado em 05/05/2020 às 15h27

A busca pelo saque do auxílio emergencial de R$ 600 ou por ajuda para resolver problemas no cadastro novamente provocou aglomerações pela Grande Vitória. Em Campo Grande, Cariacica, a fila que começava na Avenida Expedito Garcia subia para outra rua do bairro e chegou a alcançar meio quilômetro, dando volta em um quarteirão.

Imagens de vídeo mostram o drama de muitas famílias pela sobrevivência. Com a economia fragilizada pela pandemia do novo coronavírus, muitos trabalhadores informais perderam suas rendas e contam com a ajuda do governo federal para comprar alimentos e pagar aluguel.

Desde a semana passada, as filas em frente à Caixa Econômica Federal têm mostrado a fragilidade do serviço criado pelo governo federal para atender aos mais pobres. Muitos que estão ali tentam solucionar problemas de saques ou mesmo tentam ser incluídos no programa após terem o auxílio negado sem alguma explicação.

À espera pelo atendimento, informais, desempregados e mães chefes de família acabavam se aglomerando correndo risco de contrair à Covid-19. Nem todos no local usavam máscaras para protegerem a si e a outros contra a doença.

Fila na agência da Caixa em Campo Grande

Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, para receber o auxílio de R$ 600,00 e o Bolsa Família - Cariacica/ES
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00. Vitor Jubini
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00
Pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande, Cariacica, para receber o auxílio de R$ 600,00

Para orientar as pessoas a evitarem a aglomeração, fiscais da Prefeitura de Cariacica colaram, ao longo da avenida, cartazes com algumas medidas de prevenção que podem evitar a disseminação do coronavírus. A equipe também orientou as pessoas que estavam na fila da Caixa Econômica Federal para receber o auxílio emergencial do governo federal.

A prefeitura realizou, na última semana, uma videoconferência com a Superintendência Executiva da Caixa para solicitar que a instituição adote algumas medidas para evitar aglomerações de pessoas em frente às agências.

Uma equipe da Defesa Civil de Cariacica começou a atuar nesta terça-feira (5) nas filas em frente à Caixa. O objetivo da ação é orientar as pessoas que estão aguardando atendimento a manterem o distanciamento de um metro uma das outras e evitarem a aglomeração.

Por meio de nota, a Caixa esclareceu que todas as pessoas que chegaram às agências durante o horário de funcionamento, de 8h às 14h, seriam atendidas. O banco destacou que não é necessário madrugar nas filas, para evitar períodos excessivos de espera e aglomerações.

“A Caixa intensificou o atendimento às pessoas que estão nas filas, de forma a dar celeridade com prestação de informações e geração de códigos (tokens) para a realização de saques, conforme o calendário de pagamento e da necessidade de se manter o distanciamento. Desde segunda-feira (4), todas as agências do banco funcionam com horário estendido, a fim de garantir um melhor atendimento à população. E, no próximo sábado (9), mais de 2 mil agências em todo país vão abrir para atendimento do Auxílio Emergencial”, disse a nota.

Defesa civil orientando pessoas  na fila da agência da Caixa, em Campo Grande - Cariacica/ES
Defesa civil orienta pessoas na fila da agência da Caixa, em Campo Grande - Cariacica/ES. Crédito: Vitor Jubini

A instituição informou ainda que cerca de 3 mil funcionários do banco foram direcionados para o atendimento nas agências mais críticas. Além disso, estão sendo contratados novos 4.800 vigilantes (desse total, 2 mil já estão alocados) e 889 recepcionistas para reforçar a orientação e o atendimento ao público, conforme informações do banco.

A Caixa informou ainda que cinco caminhões-agência também vão ser colocados à disposição dos beneficiários do auxílio emergencial em locais com maior necessidade, sobretudo no Norte e Nordeste.

O banco ainda está em contato direto com as prefeituras para fechar parcerias para organização e atendimento à população.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.