ASSINE

Caixa divulga calendário da 3ª parcela do auxílio emergencial nesta segunda

Modelo de pagamento do benefício de R$ 600 deverá ser o mesmo da segunda parcela, que, atualmente, está sendo paga pela instituição

Publicado em 08/06/2020 às 09h01
Atualizado em 09/06/2020 às 14h29
Auxílio emergencial do governo federal
Auxílio emergencial do governo federal. Crédito: Siumara Gonçalves

ATUALIZAÇÃO: A Caixa Econômica Federal havia previsto divulgar nesta segunda-feira (8) o calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio-emergencial. A expectativa, no entanto, foi frustrada após o banco dizer que o novo cronograma não foi fechado. Só há data de pagamento para os beneficiários do Bolsa Família, que irão receber a terceira parcela do auxílio a partir do dia 17.

A Caixa Econômica Federal prevê divulgar nesta segunda-feira (8) o calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio-emergencial. De acordo com técnicos do Ministério da Cidadania, o calendário será semelhante ao da segunda parcela – com a separação de datas entre os beneficiários. 

Na segunda parcela o governo liberou primeiro o dinheiro para os beneficiários do programa Bolsa Família – que recebem nos dias em que já estão acostumados, seguindo o número do NIS. Ao mesmo tempo foi feito o pagamento nas poupanças digitais dos beneficiários. Com o dinheiro nas contas digitais é possível fazer o pagamento de contas e boletos, mas não dá para sacar ou transferir o dinheiro para outras contas.

O saque em espécie para os beneficiários que não são membros do Bolsa Família só é iniciado depois que termina o pagamento destes primeiros. A cada dia da semana, um grupo diferente de pessoas passava a ter o saque em espécie autorizado. A segunda parcela do benefício ainda está sendo paga e segue até o dia 13 de junho para os beneficiários nascidos em dezembro e que não fazem parte do Bolsa Família.

De acordo com último balanço da Caixa, o auxílio já foi pago para 58,6 milhões de pessoas, totalizando R$ 76,6 bilhões, considerando a primeira e segunda parcela. Outras 11,1 milhões de trabalhadores estão na fila à espera da análise dos dados pela Dataprev.

Existe a expectativa de que nos próximos dias o governo federal anuncie o pagamento de outras duas parcelas do auxílio emergencial no valor de R$ 300.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.