ASSINE

Auxílio estadual: cartão ES Solidário será entregue a partir do dia 26

Serão 87 mil famílias beneficiadas pela ajuda do governo do Estado, que pagará R$ 200 por três meses. Veja quem recebe e como será a retirada dos cartões

Publicado em 19/04/2021 às 19h26
Atualizado em 20/04/2021 às 22h02
Cartão ES solidário
Cartão ES solidário. Crédito: Divulgação/Governo do ES

O cartão "ES Solidário", meio pelo qual 87,6 mil famílias capixabas receberão um auxílio de R$ 200 por três meses, começará a ser distribuído na próxima segunda-feira (26). O benefício será pago pelo governo do Espírito Santo nos meses de abril, maio e junho como uma ajuda para pessoas em situação de extrema pobreza diante do agravamento da pandemia do coronavírus.

Foi elaborado um calendário para retirada dos cartões para que a entrega seja feita de maneira segura e as pessoas não se aglomerem no momento da retirada. O local onde buscar o cartão vai depender da cidade. 

Os locais serão definidos por cada município até esta terça-feira (20). Em algumas cidades, a retirada poderá ser feita nas agências do Banestes. Já nos municípios onde o número de beneficiados é muito elevado, outros locais serão necessários para garantir a segurança dos cidadãos e das equipes que trabalharão diretamente nas entregas.

A entrega dos cartões será feita com base no mês de nascimento dos responsáveis. Nos municípios menores, será seguido o seguinte cronograma:

  • Mês de nascimento / Data de retirada do cartão 
  • Janeiro - 26 de abril 
  • Fevereiro - 27 de abril 
  • Março - 28 de abril 
  • Abril - 29 de abril 
  • Maio - 30 de abril 
  • Junho - 03 de maio 
  • Julho - 04 de maio 
  • Agosto - 05 de maio 
  • Setembro - 06 de maio 
  • Outubro - 07 de maio 
  • Novembro - 10 de maio 
  • Dezembro - 11 de maio

Já nos municípios de Cariacica, Serra, Vila Velha, Vitória, Linhares, São Mateus, Cachoeiro de Itapemirim, Guarapari e Colatina, as entregas poderão ser feitas em até dois dias, para evitar as aglomerações, já que o volume de pessoas nessas localidades é maior. O cronograma será:

  • Mês de nascimento / Data de retirada do cartão 
  • Janeiro - 26 e 27 de abril 
  • Fevereiro - 28 e 29 de abril 
  • Março - 30 de abril e 03 de maio 
  • Abril - 04 e 05 de maio 
  • Maio - 06 e 07 de maio 
  • Junho - 10 e 11 de maio 
  • Julho - 12 e 13 de maio 
  • Agosto - 14 e 17 de maio 
  • Setembro - 18 e 19 de maio 
  • Outubro - 20 e 21 de maio 
  • Novembro - 24 e 25 de maio 
  • Dezembro - 26 e 27 de maio

Segundo a Secretaria de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), será elaborada uma lista, baseada no Castrado Único (CadÚnico), de todas as pessoas que terão direito ao cartão. Essa lista será amplamente divulgada nos municípios, além de ser disponibilizada no site da Setades, para que todos possam ter acesso.

Os critérios para recebimento do auxílio estadual são:

  • Ser morador do Espírito Santo;
  • Estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal e estar com o cadastro atualizado nos últimos 24 meses (atualizações feitas até 15 de janeiro de 2021);
  • Ter uma renda pessoal de até R$ 147,00;
  • Ter na sua família uma criança de 0 a 6 anos de idade, e/ou um idoso acima de 60 anos e/ou uma pessoa com deficiência.

PENTE-FINO EM REGISTROS

Uma checagem prévia na listagem de possíveis beneficiários do Cartão ES Solidário foi realizada pela Secretaria de Controle e Transparência (Secont) para que garantir que o benefício chegue a quem realmente precisa, evitando o risco de ocorrência de fraudes.

O trabalho de cruzamento e checagem da base de dados do CadÚnico foi realizado por meio do Laboratório de Dados, Análise e Tecnologia Aplicada à Auditoria (LAB.Data) para verificar se as famílias pré-selecionadas atendem aos critérios de renda estabelecidos para o recebimento do benefício.

A checagem identificou a necessidade de análise mais detalhada em cerca de sete mil cadastros, segundo a subsecretária de Estado de Transparência, Mirian Porto do Sacramento.

“São pessoas que podem ter mudado de faixa de renda nos últimos dois anos e cujo cadastro para recebimento do benefício exigirá uma verificação mais detalhada para assegurar que atendem aos critérios da lei”, observou a .

Os dados serão checados pela Setades com apoio da Superintendência da Controladoria Regional da União (CGU) no Espirito Santo.

* Com informações do governo do ES

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.