ASSINE

Abono e Bolsa Família: como será o pagamento pelo aplicativo Caixa Tem

Aplicativo pode ser baixado gratuitamente nas lojas Google Play e Apple Store

Publicado em 05/12/2020 às 20h55
Aplicativo Caixa Tem onde o beneficiário recebe o auxílio emergencial
Aplicativo Caixa Tem será usado para o pagamento do PIS e do programa Bolsa Família. Crédito: Siumara Gonçalves

Os trabalhadores receberam com euforia a informação de que a Caixa Econômica Federal começa o pagamento do Programa de Integração Social (PIS), do exercício de 2020/2021, a partir desta terça-feira (8). O dinheiro, inclusive, pode ser recebido por meio do aplicativo Caixa Tem, a conta poupança digital gratuita que ganhou popularidade no país como os pagamentos do auxílio emergencial e do saque do Fundo de Garantia (FGTS).

Também neste mês, o Caixa Tem - que pode ser baixado nas lojas digitais Google Play e Apple Store - será incluído no pagamento do programa social Bolsa Família, que, no Espírito Santo, conta com quase 200 mil beneficiários. 

Em relação ao PIS, a poupança digital gratuita será criada automaticamente pelo banco, portanto, sem a necessidade de apresentação de documentos e nem o comparecimento à agência. Para os beneficiários correntistas da Caixa, nada muda. Os créditos serão realizados nas contas existentes e os valores poderão ser movimentados com a utilização do cartão da conta ou ainda pelas plataformas digitais.

O abono salarial pode ser de até um salário mínimo (R$ 1.045), mas é proporcional aos meses trabalhados no ano-base de 2019. Para receber, o trabalhador precisa estar cadastrado há pelo menos 5 anos no PIS; ter recebido de empregador (pessoa jurídica) uma remuneração média de até dois salários mínimos no período trabalhado no ano-base; ter trabalhado com carteira assinada por, no mínimo, 30 dias no ano-base e constar na RAIS - Relação Anual de Informações Sociais - pertinente ao ano-base.

Recebem o Programa de Integração Social, trabalhadores vinculados a entidades e empresas privadas. As pessoas que trabalham no setor público têm inscrição no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), recebendo o benefício no Banco do Brasil.

Começam a receber o abono salarial pelo Caixa Tem em 8 de dezembro os nascidos entre julho e novembro. Os beneficiários que possuem conta no banco, nascidos entre julho e dezembro, receberam o pagamento em 30 de junho.

Uma lembrança importante: Os dois milhões de trabalhadores que não realizaram o saque do calendário anterior (Abono salarial 2019-2020), finalizado em 29 de maio deste ano, ainda podem receber os valores. O prazo vai até 30 de junho de 2021.

A partir do dia 15 deste mês, começa o pagamento do abono para que fazem aniversário em dezembro. Em todo o calendário, a Caixa irá disponibilizar R$ 15,8 bilhões para 20,5 milhões de trabalhadores. O saque pode ser realizado até 30 de junho de 2021.

Calendário do abono do PIS 2020/2021
Calendário do abono do PIS 2020/2021. Crédito: Caixa/Divulgação

BOLSA FAMÍLIA

As contas do Bolsa Família no Caixa Tem serão criadas automaticamente, portanto, não será preciso apresentar documentos e nem comparecer a agências. Uma novidade é que a poupança digital dará ao beneficiário a possibilidade de movimentar o dinheiro sem a necessidade do saque integral das parcelas. Um alerta: o benefício ainda poderá ser sacado com o Cartão Bolsa Família ou o Cartão Cidadão.

A poupança digital será criada de forma escalonada. Em dezembro, serão abertas contas para quem tem NIS (Número de Identificação Social) com finais 9 ou 0.  Em janeiro de 2021, O Caixa Tem será criado para quem possui o número com os finais 6, 7 e 8. Em fevereiro, chegou a vez de pessoas com com NIS finais 3, 4 e 5. Em março, ganham a conta digital beneficiários com NIS finais 1 e 2, e grupos específicos, como indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, assentados, acampados e pessoas em situação de rua.

CAIXA TEM

A Conta Poupança Social Digital, que é gerada com o Caixa Tem, não possui qualquer tarifa e o limite mensal de uso é de R$ 5 mil. Em matéria, A Gazeta fez um tutorial completo de como se cadastrar no aplicativo, além de mostrar como usá-lo. Os benecificiários do Bolsa Família, por exemplo, podem usar a mesma senha do cartão social. Para não ter a conta bloqueada é recomendado fazer o login de apenas um usuário por celular. Ou seja, acessar apenas uma conta de cada aparelho. 

O Caixa Tem pode ser usado para fazer compras em estabelecimentos (com o cartão de débito virtual e QR Code), por meio de maquininhas de cartão, e também serve para pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral.

Há, também, a possibilidade de saques em terminais de autoatendimento, lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui, a partir da geração de token diretamente no aplicativo. O token também pode ser gerado nas agências, com a apresentação de documento de identificação com foto.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.