ASSINE

Saiba quais alunos da rede pública podem receber cestas básicas no ES

O processo de retirada do benefício  para os alunos da rede pública estadual ficará a cargo de cada unidade escolar, que entrará em contato com as famílias

Publicado em 13/05/2020 às 15h13
Cesta básica
Alunos da rede pública estadual, com pais cadastrados no CadÚnico vão receber cestas básicas no ES. Crédito: Rafaela Frutoso

O Governo do Estado distribuirá 102.889 cestas básicas no mês de maio para alunos da rede pública estadual de ensino, de acordo com portaria publicada no Diário Oficial nesta quarta-feira (13). O investimento total da Secretaria de Estado da Educação (Sedu) será de R$ 8.683.831,60 e contemplará estudantes cujos responsáveis estão no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O processo de entrega do benefício é de responsabilidade de cada unidade escolar, que entrará em contato com as famílias, segundo a Sedu.

A ação foi adotada em virtude do fechamento das escolas, como forma de prevenção ao novo coronavírus. As entregas de cestas básicas começaram no início de abril e permanecem enquanto os centros de ensino estiverem com Atividades Pedagógicas Não Presenciais (ANPs).

A Sedu apresentou à cada Conselho de Escola a lista com o nome dos alunos contemplados e o responsável pelo aluno deverá apresentar documento de identidade com foto no ato do recebimento, para conferência e assinatura.

Para contemplar os alunos que atendem aos requisitos, a equipe da Sedu realizou um cruzamento de dados entre o banco de matrículas da Rede Estadual de Educação e o banco de inscritos no CadÚnico. Os Conselhos de Escola devem efetivar a compra nos próximos dias.

Fotógrafo de A Gazeta faz ensaio artístico sobre isolamento

Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
Fotógrafo de A Gazeta faz ensaio artístico sobre isolamento - Por Fernando Madeira. Fernando Madeira
Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
O nome escolhido para o ensaio é Sufocamento. . Fernando Madeira
Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
"O trabalho é uma narrativa visual em contraponto com base em relatos das pessoas que foram infectadas pelo coronavírus", explica Fernando Madeira. Fernando Madeira
Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
Sintomas como sufocamento, falta de ar e sensação de afogamento são frequentemente relatados por médicos e pessoas infectadas. Fernando Madeira
Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
As fotografias buscam transmitir a angústia desses sintomas, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento. Fernando Madeira
Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
Sufocamento do isolamento. Fernando Madeira
Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
Sufocamento da máscara. Fernando Madeira
Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
O fotógrafo conta que a ideia do ensaio surgiu num dia cinza durante o isolamento social. Fernando Madeira
Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
No quintal de casa, um varal com lençol que acabara de ser lavado e colocado apenas com o propósito de secagem, um plano de fundo como folha branca disponível para rascunhar uma ideia nova. Fernando Madeira
Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
Seja qual for a sua ocupação, aproveite o tempo em casa para realizar atividades em família e fugir da ociosidade da quarentena. Fernando Madeira
Ensaio: sufocamento. As fotografias buscam transmitir essa angústia, levando o observador para ‘‘dentro’’ do sofrimento.
Fique em casa!. Fernando Madeira
Fique em casa!
Fique em casa!
Fique em casa!
Fique em casa!
Fique em casa!
Fique em casa!
Fique em casa!
Fique em casa!
Fique em casa!
Fique em casa!
Fique em casa!

VALOR DE REPASSE POR ALUNO

A cesta básica está sendo viabilizada ao aluno por meio do Programa Estadual de Gestão Financeira Escolar (Progefe) e o valor repassado aos conselhos de escolas que, por sua vez, fazem a distribuição aos beneficiários. O valor repassado é de R$ 4,22, por aluno, por dia útil, para a aquisição de gêneros alimentícios de primeira necessidade.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Educação Sedu Coronavírus no ES Covid-19 Pandemia Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.