ASSINE

Piloto de Nova Venécia desaparece durante rali de moto no Nordeste

Buscas foram iniciadas por volta das 23h de quarta-feira (26), quando Daniel Santos não voltou ao local da chegada. Nesta quinta (27), a organização do evento confirmou que o corpo dele foi encontrado

Tempo de leitura: 2min
Colatina
Publicado em 27/01/2022 às 15h49
Atualizado em 28/01/2022 às 07h22
Daniel Santos, 36 anos, está desaparecido desde quarta-feira (26).
Daniel Santos, 36 anos, está desaparecido desde quarta-feira (26). Crédito: Divulgação/ Rally Cerapió

O piloto Daniel Santos, 36 anos, da cidade de Nova Venecia, no Noroeste do Espírito Santo, desapareceu na quarta-feira (26). Ele sumiu enquanto participava de uma competição de moto entre o Ceará e o Piauí, percurso com duração prevista de seis a dez horas. As buscas foram iniciadas pela equipe do evento por volta das 23 horas do mesmo dia, quando o capixaba não voltou ao local da chegada. Nesta quinta-feira (27), a organização do evento confirmou, por meio de nota de pesar, que o corpo de Daniel foi encontrado

"É com muita tristeza que o Rally Cerapió lamenta o falecimento do piloto Daniel Santos nesta quinta-feira (27/1), em uma área de trilha no distrito de Ubatuba, no município de Granja (CE), divisa com o estado do Piauí. Daniel participava da competição na modalidade motos e estava desaparecido desde quarta-feira (26/1), quando não retornou ao local da chegada do terceiro dia de provas, que partiu de Ubajara (CE) com destino a Luís Correia (PI)", diz a nota. 

AS BUSCAS

Segundo a Secretaria de Segurança do Estado do Ceará, as buscas por Daniel continuaram nesta quinta-feira (27). A pasta informou que já enviou bombeiros, policiais militares e civis e equipe da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), além de cães farejadores, para auxiliar nos trabalhos de procura nas regiões de Viçosa, Buira, Juá dos Vieiras, Padre Vieira, Cocal e Brejinho, onde acontece a prova.

A competição em que Daniel Santos participa é a Rally Cerapió, que acontece anualmente e reúne pilotos de várias categorias. Por nota, a organização do evento explicou como funcionam as provas:

“É uma competição de enduro de regularidade, na qual o piloto realiza um trajeto de um ponto a outro, em um percurso previamente levantado pela organização e informado ao competidor através de uma planilha. Geralmente, a prova tem duração entre seis e dez horas. Ao terminar a etapa, o participante entrega seu GPS para a apuração. É através desse sistema que é verificado o percurso feito pelo piloto e definido o vencedor de acordo com a regularidade estabelecida pela planilha. Como há situações de quebra de equipamento, quedas, entre outras ocorrências, é comum os competidores aguardarem os processos de resgate e demorarem para voltar para o local da chegada."

A organização do campeonato Rally Cerapió informou que presta atendimento em tempo integral à família de Daniel, que já se encontra no local do evento. A reportagem de A Gazeta tentou contato com familiares do piloto, mas eles preferiram não se pronunciarem por enquanto.

Atualização

28 de Janeiro de 2022 às 06:35

Após a publicação da reportagem, a organização da competição confirmou que o corpo do piloto foi encontrado. O texto foi atualizado. 

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.