ASSINE

Novo recorde da Covid-19: ES registra mais de 11 mil casos em 24h

Nesse mesmo intervalo, Estado registrou oito mortes. Dados foram divulgados na tarde desta segunda-feira (17) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)

Tempo de leitura: 2min
Vitória
Publicado em 17/01/2022 às 19h15

Espírito Santo bateu um novo recorde de casos confirmados do coronavírus em 24 horas. Conforme divulgado nesta segunda-feira (17), o Estado contabilizou 11.522 novas infecções no períodoO maior número até então era de quase 7 mil contaminações, registrado há exatamente uma semana.

Em coletiva de imprensa realizada no início da tarde desta segunda-feira, o secretário Nésio Fernandes havia adiantado este cenário, visto que na "atualização parcial", feita por volta das 14h, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) já tinha recebido mais de 7 mil notificações de novos casos de Covid-19.

ATUALIZAÇÃO DO PAINEL

Com a atualização desta segunda-feira, o Espírito Santo chegou ao total de 13.379 mortes e 673.284 casos confirmados desde o início da pandemia. Além do recorde de infecções, o Estado também registrou oito óbitos em 24 horas. Os dados são do Painel Covid-19, atualizado diariamente pela Sesa.

Na lista de cidades com mais casos confirmados, Vila Velha assumiu o primeiro lugar no número de pessoas que contraíram a doença: 84.805. O município de Serra passou a ocupar a segunda posição (84.313), seguido por Vitória (75.214) e Cariacica (54.014). Na quinta posição está Linhares (34.091), que fica na Região Norte do Estado.

Já no ranking dos bairros, Jardim Camburi, na Capital, permanece em primeiro lugar, com 12.150 infectados desde o início da pandemia. Na segunda posição está Praia da Costa, em Vila Velha, com 9.981. Em terceiro lugar, aparece Jardim da Penha, também em Vitória, com 6.995 contaminações.

Até esta segunda-feira (17), mais de 2,55 milhões de testes foram realizados para identificar a Covid-19 em território capixaba. O número de curados chegou a 621.086, sendo 3.821 novas curas em 24 horas, de acordo com os dados do painel. A taxa de letalidade da doença está em 1,99% no Estado.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.