ASSINE

ES deve receber 1 milhão de vacinas contra Covid-19 na próxima semana

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, será a semana com a maior disponibilidade de doses para a imunização dos capixabas na pandemia

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 18/09/2021 às 19h42
Vacina Astrazeneca
Vacinação contra a Covid-19 no ES. Crédito: Carlos Alberto Silva

O Espírito Santo pode receber mais de um milhão de doses de vacinas contra a Covid-19 na próxima semana. Em uma rede social, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, afirmou que será a semana com a maior disponibilidade de doses para a imunização dos capixabas desde o início da vacinação contra o coronavírus. O comentário foi feito após o governador Renato Casagrande anunciar a chegada de mais uma remessa ao Espírito Santo, com 268.290 doses, na segunda-feira (20). 

Quando chegam ao Estado, após envio do Ministério da Saúde, os imunizantes são recebidos no Aeroporto de Vitória, depois encaminhados para a Central Estadual de Rede de Frio. Só assim podem ser distribuídos aos municípios.

Na manhã deste sábado (18), foram recebidas 146.400 doses de vacina da Coronavac enviadas pelo governo federal.

UM MILHÃO DE DOSES EM UMA SEMANA:

  • 146 mil doses do Ministério da Saúde já recebidas no sábado (18);
  • 268 mil doses do Ministério da Saúde que chegarão ao ES na segunda-feira (20);
  • 200 mil doses compradas pelo governo do ES; lote já recebido neste sábado (18);
  • 300 mil doses compradas pelo governo do ES; lote chegará ao Estado até sexta-feira (24);
  • Novas doses que chegarão durante a semana, segundo a secretaria de Saúde. Ainda não há informações sobre a quantidade exata e data do envio.

De acordo com Nésio, o governo do Estado distribuiu uma quantidade de doses de reforço suficiente para imunizar todos os idosos com 60 anos ou mais que já tenham completado seis meses desde a segunda aplicação.

O secretário informou que espera avançar na vacinação de idosos e imunossuprimidos, pessoas acima dos 18 anos que buscam a primeira dose, além dos que procuram a D2. Os adolescentes também estão entre os que encorpam a fila da imunização.

A vacinação deste grupo, aliás, foi tema de divergência entre o Ministério da Saúde e a Anvisa. Para o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades não devem ser vacinados. A posição é diferente do que prega a agência reguladora, que aprova a vacinação com a Pfizer. Algumas unidades da federação, como o Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal e Bahia mantiveram a imunização da faixa etária.

NÚMEROS DA VACINAÇÃO NO ES

Segundo o Painel de Vacinação, também da Sesa, 2.268.310 pessoas tomaram a primeira dose de alguma vacina contra a Covid-19 no Espírito Santo. Dessas, 929.273 também já receberam a segunda dose. Já 108.886 tomaram a dose única da Janssen.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.