ASSINE

ES amplia postos e fará teste grátis de Covid-19 em mais 3 hospitais

Além dos terminais rodoviários, Aeroporto de Vitória e Ceasa, os testes estarão disponíveis em mais unidades hospitalares do interior e de Vitória. Veja como agendar

Publicado em 19/08/2021 às 09h34
Hospital São Lucas
O Hospital São Lucas, em Vitória, vai ter uma estrutura para testagem de casos suspeitos de Covid-19. Crédito: Carlos Alberto Silva

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) vai ampliar o serviço para diagnóstico da Covid-19 e criar pontos de testagem em hospitais da rede na Grande Vitória e no interior. A proposta é oferecer mais possibilidades para as pessoas que apresentam sinais gripais fazerem o teste e, no caso de confirmação da infecção, serem isoladas para conter a disseminação do Sars-Cov-2 (coronavírus). 

Está prevista a ampliação da testagem de Covid-19 para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE) São Lucas, em Vitória;  o Dr. Alceu Melgaço Filho, em Barra de São Francisco; e Roberto Arnizaut Silvares, em São Mateus

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Nésio Fernandes, o serviço estará disponível nas próximas semanas para demanda espontânea ou agendamento.

Nesta terça-feira (17), foi aberto um novo posto na Central de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa), em Cariacica. No primeiro dia, foram coletadas 74 amostras para o PCR. 

Na Grande Vitória, ainda há pontos de testagem nos terminais do sistema Transcol e no aeroporto para demanda espontânea — sem marcar hora — que começaram a funcionar a partir de 17 de junho.

No mês passado, entrou em funcionamento um sistema de agendamento para testes de graça pelo site da Sesa. É possível marcar o horário em que deseja realizar o exame e escolher um dos locais disponíveis: Aeroporto de Vitória e para os hospitais Dr. Jayme Santos Neves, na Serra; Central, em Vitória; e Materno Infantil Francisco de Assis, em Guarapari.

  • Aeroporto de Vitória
  • Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na Serra
  • Hospital Central, em Vitória
  • Hospital Materno Infantil Francisco de Assis, em Guarapari

COMO FAZER O AGENDAMENTO

  1. 01

    Cadastro

    Para ter acesso ao agendamento, o cidadão deverá realizar inicialmente o seu cadastro no link “Acesso ao Cidadão” do Governo do Estado. Se não for cadastrado, deve clicar em "Criar uma conta"

  2. 02

    Agendamento

    Feito o cadastro, o próximo passo é entrar no site da Secretaria de Saúde, na lateral esquerda, clicando em "Agendamento", haverá a opção “Realizar Agendamento”, que solicitará dados como CPF, Cartão SUS, nome, e-mail e telefone.

  3. 03

    Preenchimento automático

    Ao disponibilizar o CPF, o sistema buscará no banco de dados do Ministério da Saúde, e sendo encontrado, preencherá automaticamente o Cartão SUS e o nome do usuário. Há a opção de realizar agendamento para si próprio ou para outras pessoas, precisando estar munidos dos dados acima (CPF, Cartão SUS, nome, e-mail e telefone) para conclusão do processo.

  4. 04

    Horário e documentos

    No dia do exame, é importante se atentar corretamente ao horário solicitado e levar um documento de identificação com foto.

  5. 05

    Resultado

    Na plataforma, serão disponibilizados ícones para acompanhar o agendamento e, após a realização da coleta do exame, o “Laudo Web”, onde receberá o resultado.

BALANÇO

O boletim epidemiológico da Covid-19, publicado na terça-feira (17) pela Sesa, apontou que, desde o início da estratégia, foram testadas 20.577 pessoas nos terminais do sistema Transcol e no aeroporto, das quais 1.220 tiveram o diagnóstico positivo para a doença, o que equivale a uma média de positividade de 5,93%. 

O local com maior número de testagem foi o Terminal de Laranjeiras, na Serra, com 7.525 exames e 440 casos positivos, enquanto o maior índice de positividade foi registrado no Terminal de Jardim América, em Cariacica, com 9,28% de confirmação entre as pessoas examinadas.

Já nos locais de agendamento, desde o dia 14 de julho já foram testadas 1.401 pessoas e 80 receberam o resultado positivo, o que representa 5,71% dos exames. O maior volume de testes foi realizado no aeroporto: 464, com 27 confirmações. O índice de positividade maior é do hospital da Serra, com 7,28% dos casos. 

Nésio Fernandes observa que a procura por testes está baixa no Estado, apesar de a população ter a oferta de testes nesses postos distribuídos em áreas de grande circulação, tanto com possibilidade de atendimento por livre demanda quanto por agendamento.

O secretário ressalta que a testagem é uma das estratégias para evitar a transmissão da doença e é fundamental que as pessoas busquem o serviço ao menor sinal de sintoma gripal. Quando os casos são positivos, lembra ele, é importante que os contatos de quem está contaminado - em casa, na escola, no trabalho - também façam o exame. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.