ASSINE

Covid-19: ES começa a última semana do ano com mais de mil internados

Esta é a segunda vez que o Espírito Santo começa a semana com mais de mil pacientes internados, sendo que na última segunda-feira (21) havia 1.050 pessoas em UTIs e enfermarias

Vitória
Publicado em 28/12/2020 às 17h57
Atualizado em 28/12/2020 às 17h57
Hospital Jayme dos Santos Neves é destaque nacional contra Covid-19
O índice supera os 1.002 leitos ocupados que foram divulgados neste domingo (27). Crédito: Governo do Estado/Divulgação

Os números da Covid-19 continuam elevados: desta vez, o número de pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e enfermarias no Espírito Santo chegou a 1.042 nesta segunda-feira (28), o que representa 79,97% de ocupação de leitos disponíveis. O índice supera a ocupação de leitos divulgada neste domingo (27), quando 1.002 leitos estavam sendo utilizados por pacientes com complicações da doença, segundo o painel da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Esta é a segunda vez que o Espírito Santo começou a semana com mais de mil pacientes internados, sendo que na última segunda-feira (21) havia 1.050 pessoas em UTIs e unidades abertas de internação.

Do total de internações de hoje (28), 545 pessoas estão em UTIs e 497 em enfermarias. Em números percentuais estes representam 82,83% e 77,05%, respectivamente, da ocupação de leitos disponíveis no Estado.

Desde o dia 17 de dezembro, internações em UTIs superam a marca dos 500 pacientes. Apesar da variação que tem se apresentado, a manutenção acima deste número não ocorria no Estado desde o início de agosto, quando no dia 3, foram registradas 514 internações em Unidades de Terapia Intensiva.

O crescimento do número de vagas ocupadas nos hospitais do Estado também afeta um dos principais indicadores da elaboração do Mapa de Risco do Governo do Estado: o número de leitos potenciais para o tratamento da doença, que leva em conta a capacidade de ampliação de vagas de UTIs e enfermarias que o Espírito Santo possui.

A COVID-19 NO ESTADO

O Espírito Santo registrou 55 mortes e 3.517 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas. Os dados são do Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), atualizado na tarde desta segunda-feira (28). Até o momento, o Estado contabiliza um total de 4.996 mortes pela doença e 242.553 casos confirmados.

O município de Vila Velha, com 33.265 registros, mantém o maior número de moradores infectados. Em seguida, estão Serra (30.306 casos), Vitória (28.411) e Cariacica (20.586).

A quantidade de curados também subiu, chegando a 222.312. A taxa de letalidade da Covid-19 se mantém 2,1%, e 757.333 testes já foram realizados no Estado.

RISCO ALTO

Após anúncio do Governo do Estado, feito na última sexta-feira (25) do 37º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre hoje (28) e o domingo (03), ao longo da semana do réveillon, oito municípios foram classificados como Risco Alto, dentre eles Guarapari, Linhares, Água Doce do Norte, Alfredo Chaves, Governador Lindenberg, Irupi, Mantenópolis e São Mateus. Dentre as principais medidas de restrição sinalizadas estão os bares e parques fechados e o comércio restrito, além das aulas suspensas.

A respeito das medidas previstas para estas cidades, são válidas as determinações trazidas pela Portaria de nº 226-R, de 21 de novembro da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), com as alterações trazidas pelas portarias 233 e 251. Confira todas as restrições previstas para os 8 municípios:

  • Medidas previstas para os riscos baixo e moderado.
  • Suspensão do atendimento ao público em todas as agências bancárias, públicas e privadas. 
  • Suspensão das atividades presenciais em todos os estabelecimentos de ensino, da rede pública e privada, com exceção de cursos livres. 
  • Suspensão dos atendimentos em alguns órgãos e repartições públicas. 
  • Suspensão da realização de eventos em geral, corporativos, acadêmicos, técnicos e científicos, sociais, esportivos e competições esportivas.
  • Suspensão da visitação de unidades de conservação ambiental e o funcionamento de todos os parques municipais;
  • Suspensão do funcionamento dos cinemas, teatros, circos e similares, exceto em formato drive-in.
  • Suspensão da realização de eventos sociais, tais como casamentos, aniversários e outros tipos de confraternizações. 
  • Suspensão de funcionamento de espaços de lazer e recreação infantil.
  • Suspensão do funcionamento dos parques de diversões e similares.
  • Somente é admissível o atendimento presencial nos estabelecimentos comerciais, galerias e centros comerciais, de segunda a sexta-feira, limitado ao horário até às 20:00, e, no sábado, até às 16:00.
  • Somente é admissível o atendimento presencial nos shopping centers de segunda a sexta-feira, limitado ao horário até às 20:00, e, no sábado, até às 16:00.
  • Funcionamento de restaurantes, inclusive os de shopping center, lojas de conveniência e distribuidoras de bebidas alcoólicas, deverá ser de segunda a sexta-feira, limitado ao horário até às 20:00, e, no sábado, até às 16:00.
  • Suspensão do funcionamento de bares.
  • Funcionamento das academias, com liberação apenas das atividades não aeróbicas.
  • Proibição do consumo presencial em distribuidoras de bebidas.
  • Implantação de barreira sanitária, pela autoridade municipal, nos limites dos municípios e nas rodovias.
  • Suspensão do atendimento presencial ao público em concessionárias prestadoras de serviço público.
Saúde SESA Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 Pandemia Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.