ASSINE

Coronavírus: veja quais são as cidades do ES com maior risco de contágio

De acordo com o documento do Governo do Estado, a Região Metropolitana concentra as cidades com maior possibilidade de contaminação pela Covid-19. Confira os cuidados a serem tomados no seu município

Publicado em 22/04/2020 às 18h41
Atualizado em 22/04/2020 às 18h41
Coronavírus - Covid19
Coronavírus - Covid19 . Crédito: Gerd Altmann/Pixabay

Dos 78 municípios capixabas, SerraCariacicaVitóriaVila VelhaViana, além de Alfredo Chaves, na Região Serrana do Estado, apresentam maior risco de contágio pelo novo coronavírus no Espírito Santo. Os dados constam no mapa de risco apresentado pelo Governo do Estado.

As informações contidas no documento nortearam o governador Renato Casagrande (PSB) a flexibilizar as medidas restritivas em relação ao funcionamento do comércio em 72 cidades do Espírito Santo. Algumas retomaram as atividades econômicas nesta quarta-feira (22).

Todos os municípios receberam uma classificação de acordo com o número de casos confirmados por 100 mil habitantes. A reavaliação da classificação dos municípios será semanal e, caso a cidade mude de patamar, as restrições ficarão mais rígidas.

Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) explicou que foram elaboradas orientações que englobam medidas sociais, medidas para estabelecimentos comerciais, para o transporte público coletivo e para os limites municipais. Dentre outros fatores, o Estado levará em consideração a utilização da rede de saúde.

“Se o município tiver poucos casos, mas a rede de saúde que atende a sua região estiver com 90% de uso, esse município passará ao nível de risco alto. Caso a rede de saúde estadual esteja com 90%, todos os municípios da região passarão ao nível de risco extremo”, explicou o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes.

  • Abaixo da cota de 23 casos confirmados a cada 100 mil habitantes: BAIXO
  • Quando atingir a cota de 23 casos confirmados a cada 100 mil habitantes: MODERADO
  • Quanto atingir a cota de 35 casos confirmados a cada 100 mil habitantes: ALTO

MUNICÍPIOS COM BAIXO RISCO DE TRANSMISSÃO DE CORONAVÍRUS NO ES

São 63 municípios com risco de transmissão baixo. Para essas cidades, o Estado estipulou que as prefeituras deverão limitar o acesso aos estabelecimentos, permitindo a entrada de uma pessoa por cada 10 metros quadrados de loja e observando o distanciamento social em filas. 

O Estado estipulou para os municípios que o horário de funcionamento do comércio nesses locais seja apenas de 10h às 16h. Galerias e centros comerciais devem funcionar com 50% da ocupação (uma pessoa por 14 metros quadrados). 

Deverá ser feito um escalonamento de horários de funcionamento por, no mínimo, dois turnos em municípios acima de 70 mil habitantes, com organização a critério das prefeituras. Será obrigatório nessas cidades o uso de máscaras para funcionários do comércio. Para clientes, o uso é recomendado.

MUNICÍPIOS COM RISCO MODERADO DE TRANSMISSÃO DE CORONAVÍRUS NO ES

São nove os municípios com risco moderado: Rio Novo do Sul, Iconha, Vargem Alta, Domingos Martins, Marechal Floriano, Santa Leopoldina, Fundão, Guarapari e Anchieta. Eles foram classificados assim sobretudo por fazerem divisa com cidades com risco alto. 

No caso das cidades desse grupo que possuem mais de 70 mil habitantes, deverá ser feito um escalonamento de horário dos trabalhadores em pelo menos dois turnos visando a evitar aglomerações. Já nos municípios menores que isso, o horário de funcionamento terá que ser reduzido, de 10h às 16h. 

Será obrigatório o uso de máscaras no comércio, tanto por funcionários como por clientes. Lojas em galerias e centros comerciais devem funcionar em apenas um dos dois turnos previstos.

MUNICÍPIOS COM RISCO ALTO DE TRANSMISSÃO DE CORONAVÍRUS NO ES

São seis as cidades com alto risco de Covid-19: Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana e Alfredo Chaves. Para esses locais, permanecem as mesmas proibições de funcionamento do comércio não-essencial. 

Continuam podendo abrir farmácias, supermercados, padarias, alimentação e cuidados com animais, postos de combustível, lojas de conveniência, comércio atacadista e distribuidoras de gás de cozinha e de água. Restaurantes, lanchonetes, lojas automotivas e de material de construção podem funcionar das 10h às 16h.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.