ASSINE

Casagrande garante 813 leitos para coronavírus até final de abril

Número é 171% maior do que o quantitativo atual do Estado; unidades clínicas e intensivas serão ampliadas com a participação de hospitais particulares e filantrópicos

Publicado em 25/04/2020 às 15h49
Atualizado em 25/04/2020 às 21h12
Novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com respirador no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra.
Ampliação dos leitos com hospitais particulares e filantrópicos fará com que assistência pública chegue a mais cidades do ES. Crédito: Reprodução/TV

Até o final deste mês de abril, o Espírito Santo deve contar com 813 leitos exclusivos para o atendimento de pacientes confirmados com o novo coronavírus – número que é mais que o dobro dos leitos existentes até este sábado (25). O anúncio foi feito pelo governador Renato Casagrande, durante o início da tarde.

De acordo com os dados passados por ele na coletiva transmitida pela internet, o Estado conta, atualmente, com 184 unidades de terapia intensiva (UTI) e com 173 leitos de enfermaria. Quantidades que devem subir, já nos próximos dias, para 353 e 460, respectivamente.

Renato Casagrande

Governador do Espírito Santo

"Estamos saindo de um total de 357 leitos para 813 leitos. Todos para os casos de coronavírus. Estamos mais que dobrando o número de leitos até o final da semana que vem, para que a gente possa prestar as assistências necessárias"

Para além da rede pública estadual, o governador explicou que esse número será atingido graças a leitos de hospitais filantrópicos e particulares. “Sem atrapalhar os planos de saúde, estamos fazendo um contrato com os hospitais privados para poder contar com os leitos ociosos que esses locais possuem”, detalhou.

Este vídeo pode te interessar

Com o início desse novo esquema, também começa o que ele chamou de “segunda fase” da ampliação de leitos do sistema de saúde do Espírito Santo. Entre as cidades que serão beneficiadas e contempladas com leitos, Casagrande citou três: Linhares e Aracruz, no Norte; e Itapemirim, no Sul do Estado.

ONDE ESTÃO OS LEITOS

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, explicou que a primeira fase foi concluída nesta sexta-feira (24):

  • Fase 1 
  • 184 leitos de UTI (sendo 20 leitos de UTI de hospitais particulares)
  • 173 leitos de enfermaria (somente em hospitais públicos)

    Fase 2 - será concluída no dia 30 de abril
  • 353 leitos de UTI (sendo 60 leitos em hospitais particulares)
  • 460 leitos de enfermaria (sendo 153 em hospitais particulares)

  • Fase 3 - prevista para maio
  • O secretário Nésio Fernandes explicou que a definição do número de leitos depende da chegada de ventiladores, entrega de algumas obras em hospitais que seguem em andamento e da contratação de serviços de hospitais filantrópicos (que atendem pelo SUS) e da rede privada

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.