ASSINE

Casagrande assina decreto de reestruturação da PM e do Corpo de Bombeiros

Pacote de medidas inclui volta do Batalhão de Missões Especiais (BME), novas unidades do Corpo de Bombeiros, dentre outras mudanças anunciadas em agosto; saiba mais

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 27/09/2021 às 12h36
Governador Renato Casagrande discursa durante anúncio da reestruturação do serviço de Segurança Pública
Governador Renato Casagrande discursa durante anúncio da reestruturação do serviço de Segurança Pública. Crédito: Helio Filho/Secom

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande assinou nesta segunda-feira (27) o decreto que oficializa a reestruturação organizacional da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. O pacote de medidas, que tem como objetivo levar aos capixabas serviços de segurança mais eficientes, havia sido anunciado no mês de agosto.

Entre as ações está o retorno do Batalhão de Missões Especiais (BME), uma promessa de campanha do governador. Atualmente, a força especial da Polícia Militar era desempenhada pela Companhia Independente de Missões Especiais (CIMEsp), que substituiu o BME no governo de Paulo Hartung. A Polícia Militar também contará em breve com o Batalhão de Cães, que dará suporte às missões.

Também estão inclusas a abertura de quatro novas companhias independentes da Polícia Militar, sendo duas na Grande Vitória, em Nova Rosa da Penha (Cariacica) e São Torquato (Vila Velha), e duas em Jaguaré e Pinheiros, no interior do Estado. Além disso, foi criado o 6º Comando Ostensivo de Polícia Regional, com responsabilidade territorial dos municípios de Cariacica, Guarapari, Viana e Vila Velha.

"Não tenham dúvidas. A Academia de Polícia Militar (do ES) será uma das melhores Academias de Polícia do Brasil. E isso se dá com planejamento, com gestão, com comprometimento institucional", avaliou o comandante-geral da PMES, Douglas Caus.

Já no Corpo de Bombeiros, foram criadas duas novas unidades operacionais, localizadas em Vila Velha e Serra. Foram criados ainda o Centro de Inteligência de Defesa Civil (Cidec), que é responsável pela integração das agências do Estado nos serviços de monitoramento hidrometeorológico, e o Centro Especializado de Resposta a Desastres, que será responsável por atuar em treinamentos e operações.

A assinatura do decreto aconteceu durante evento realizado no Palácio Anchieta, em que também foi realizada a assinatura das promoções de integrantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo.

"Estamos felizes que estamos resolvendo assuntos pendentes de muitos anos. Lá em Jaguaré, por exemplo, instalamos a Companhia Independente de Jaguaré, em Guriri (São Mateus) inauguramos a Companhia da Polícia Militar de Guriri. E assim por diante, a gente tem resolvido coisas que são históricas na Polícia Militar, na Polícia Civil, nos Bombeiros", observou Casagrande.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.