ASSINE

IBGE abre seleção com 204.307 vagas para trabalhar no Censo 2021

Oportunidades são para cargos temporários de níveis fundamental e médio e têm remuneração de até R$ 2,1 mil. Inscrições começam nesta sexta (19)

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 18/02/2021 às 09h49
Atualizado em 18/02/2021 às 12h23
Processo seletivo para contratação de recenseadores e supervisores está suspenso do IBGE - Foto: Licia Rubinstein/Agência IBGE Notícias
Processo seletivo para contratação de recenseadores e agentes do IBGE. Crédito: Licia Rubinstein/Agência IBGE Notícias

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou nesta quinta-feira (18) o edital de abertura de processo seletivo simplificado para a contratação de 204.307 profissionais temporários. Os selecionados vão trabalhar no Censo Demográfico 2021. O salário pode chegar a R$ 2,1 mil. Para o Espírito Santo, foram destinados 4.061 postos

Do total de oportunidades, 181.898 são para quem têm o nível fundamental e 22.409 postos são para candidatos de nível médio. Todas as funções terão carga horária de 40 horas semanais.

Para os cargos de agente censitário municipal e agente censitário superior, as inscrições poderão ser feitas de 19 de fevereiro de 2021 a 15 de março de 2021. Para a carreira de recenseador, as inscrições serão recebidas a partir de segunda-feira, dia 23 de fevereiro, com atendimento até 19 de março. O atendimento será feito no site do Cebraspe. 

As taxas serão de R$ 25,77 para os recenseadores e R$ 39,49 para os agentes. No primeiro dia, as inscrições poderão ser feitas a partir das 10 horas e, no último, até as 23h59

Do total de oportunidades, 181.898 são para o cargo de recenseador, que pede apenas ensino fundamental para ingresso. Neste caso, a remuneração é variável de acordo com a produção. A média salarial é de R$ 1.278,94, para jornada de 25 horas semanais. Veja a distribuição de vagas por todo o país.

No caso de ensino médio são 16.959 vagas para a carreira de agente censitário supervisor e 5.450 para agente censitário municipal. Para agente censitário supervisor, o inicial é de R$ 1.700 e para agente censitário municipal, R$ 2.100, ambos com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Veja a distribuição das vagas por todo o país.

As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de três meses para a função de recenseador e de cinco meses para as demais funções, podendo ser prorrogado de acordo com a necessidade do IBGE.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 18 de abril para os agentes e no dia 25 de abril para recenseadores, seguindo os protocolos sanitários contra a Covid-19. O resultado final dos aprovados será divulgado em 27 de maio.

A pesquisa está prevista para ser realizada entre os meses de agosto e outubro deste ano. Todos os cerca de 213 milhões de habitantes, em aproximadamente 71 milhões de endereços, serão visitados pelos recenseadores nos 5.570 municípios do país.

O Censo Demográfico seria realizado pelo IBGE em 2020 e a seleção para a contratação de profissionais chegou a ter o edital lançado, mas foi cancelado em março por conta da pandemia do novo coronavírus.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.