ASSINE
Colunista de Famosos

Monique Evans faz harmonização no ES, fala de BBB e casamento da filha

A modelo diz que o genro é “o máximo” e que Bárbara Evans casou “muito bem”. Monique está nos preparativos para ir à festa de casamento e renovou o visual em Vila Velha no fim de semana

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 01/03/2021 às 02h01
A modelo Monique Evans
A modelo Monique Evans. Crédito: Pedro Permuy

Monique Evans está a mil para os preparativos do casamento da filha, Bárbara Evans, com o empresário Gustavo Theodoro. Ela já provou o vestido e vai fazer um novo teste dentro de alguns dias. O modelito dela e da noiva foram feitos pelo ateliê de Carol Hungria.

Bárbara e Gustavo vão selar a união no próximo dia 18 de março, em Campinas, interior de São Paulo. “Ela casou muito bem, só isso que eu te falo”, diz a modelo de 64 anos, em entrevista exclusiva à coluna durante passagem por Vila Velha no fim de semana.

Monique Evans

Modelo

"Ele é incrível. Ele é o máximo. Me chama de sogra (risos), é um querido "
Bárbara Evans e o marido, Gustavo Theodoro
Bárbara Evans e o marido, Gustavo Theodoro. Crédito: Reprodução/Instagram @barbaraevans22

Monique, que viajou ao Espírito Santo na sexta (26) e voltou para o Rio no sábado (27), retocou sua harmonização facial - feita à base de preenchedores, botox e fios de PDO com a dentista Mariana Laranja – para a festa da filha, que reunirá apenas os mais chegados da família. “É sempre bom a gente dar uma ajeitadinha a mais para ser a mãe da noiva, com a cara sem ser de mãe. Cara de irmã mais velha”, brinca aos risos.

Até a mãe de Monique, dona Conceição, vai prestigiar o evento intimista. Aos 86 anos, ela já tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Até a festa, terá tomado a segunda, mas não estará totalmente imunizada por conta do prazo de segurança que o imunizante pede. “Mas ela (dona Conceição) fez tanto a nossa cabeça! Fez o médico dizer que era para ela ir. Nós vamos levá-la com todo o cuidado e vai dar tudo certo”, torce.

Sobre seu look, Monique adianta em primeira mão: “O meu vestido é comportado, sem chegar demais, porque ela que é a noiva, que é quem tem que aparecer. Meu cabelo eu não queria prender, não. Mas dizem que é chique prender o cabelo, né? Estou pensando... Talvez uma trança, meio preso”.

Já o look de Bárbara... “Eu estou acompanhando tudo, mesmo que de longe. Claro que sinto vontade de estar perto, mas ela também está tão louca resolvendo as coisas. E tudo que ela faz, ela me manda por mensagem. Manda foto, vídeo... Mas depois ela apaga porque não quer correr o risco de eu mostrar para ninguém (risos)”, confidencia.

“A GENTE ENGORDOU UM POUCO”

Isolada em casa pela pandemia do coronavírus no Brasil, Monique só tem saído do conforto do próprio lar para ir ao supermercado e fazer outras compras essenciais. Há pouco tempo é que passou a cumprir agendas mais longas, como a que veio fazer no Estado no fim de semana. No entanto, com todo o cuidado de sempre.

O tempo em casa e a fixação por realities, no entanto, fazem a musa ser uma verdadeira expert em “BBB 21”. E ela opina: "Estou amando o 'BBB'. Muito louco aquelas pessoas, o grupo do mal. Agora que quero que Lumena saia, ela virou um bichinho de pelúcia, toda boazinha. Mas Projota, Lumena e Pocah têm que sair. Lumena principalmente, muito agressiva. E eu nunca faria um novo reality, fiquei traumatizada", explica.

Sobre suas passagens pelas edições 3 e 4 de "A Fazenda", da RecordTV, Monique ainda corrobora que até hoje é medicada por cicatrizes que o isolamento a fizeram criar. Antes de entrar nesse tipo de programa, ela já havia o diagnóstico de portadora da síndrome de borderline (quando a pessoa apresenta oscilações de humor e comportamentais). Mas, segundo a modelo, tudo ficou pior com as experiências frustrantes.

“Nunca que eu faria um reality de novo. Na segunda vez, foi ainda pior que da primeira, fui parar em uma clínica. Tomo remédio até hoje. Eu já tinha o probleminha de borderline, mas é uma coisa muito punk. É muita injustiça”, lembra.

Bem humorada, quando questionada por este colunista sobre o que mudou de março do ano passado para cá, a loira não pensou duas vezes e responde: “É, a gente engordou um pouco, deu uma despencada em alguma coisa (risos)... Porque ir à academia, a gente tem medo de se contaminar. Eu já peguei (coronavírus), mas mesmo assim tem que tomar muito cuidado. Mas com 64 tudo despenca. O que já iria despencar malhando, imagina... Mas estou bem, de boa com isso”.

E continua: “Agora, sobre a minha cabeça, acho que estou analisando mais as pessoas. A irresponsabilidade das pessoas. Quando saio na rua, vejo gente sem máscara, gente com máscara no queixo, senhoras negando o vírus. Fico pensando: 'em que mundo vivem?'"".

Sobre o negacionismo da população, Monique lamenta. Ela conta que até as amigas de sua mãe já defenderam 'medicamentos milagrosos', afirmando que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já fez uso. "Elas falam: 'Bolsonaro está com esse remédio. É um spray de nariz'. Aí não querem tomar a vacina. Como as senhorinhas acreditam nele! É impressionante!", explica.

Segundo a modelo, o presidente faz sucesso com as senhoras. "Elas gostam dele porque acham bonitinho. Já perguntei a uma amiga da minha mãe e ela disse que gostava ‘porque ele é muito lindo’. O que que eu vou fazer, né?”, conclui.

Prestes a começar a receber injeções da beleza (de botox, preenchimentos e anestesias) para cuidar da aparência, Monique finaliza: “E a agulhada da vacina pode vir também. Podem me entupir da agulhada da vacina onde quiserem (risos)”.

SEU SORRISO 

Luma e Maitê Frisso, as irmãs cantoras do Espírito Santo que já foram notícia nesta coluna, acabam de lançar nova música com clipe no YouTube. A dupla teen cantou versos românticos em "Seu Sorriso", canção que fala de lembranças de uma suposta paixão. A gravação rodou em parque de diversão de Vila Velha com participação de amigos das artistas. Rafael Brum e Maurício Hoffmann assinaram a produção musical e arranjos e Gabriel Werneck e Radan Brendon, a fotografia e edição de imagem. As vozes foram gravadas no estúdio de André Daumas. O hit também está disponível no Spotify das capixabas

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Beleza capixaba capixaba celebridades espírito santo Famosos Bárbara Evans Monique Evans

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.