ASSINE

'Skincare' para iniciantes: como começar a cuidar da pele agora

Resolveu cuidar melhor da pele, mas não sabe por onde começar? Especialista aponta quais devem ser os primeiros passos

Publicado em 09/07/2020 às 17h16
Atualizado em 09/07/2020 às 17h16
Os melhores ácidos para a pele e para que serve cada um
Os melhores ácidos para a pele e para que serve cada um. Crédito: Unsplash

Manter uma rotina de cuidados é essencial para a saúde da pele, além disso, dedicar uma parte do seu dia a dia corrido para este ato de autocuidado também pode ser muito bom para a saúde mental. Os benefícios do skincare podem ser notados a curto e a longo prazo

Porém com tanta gente fazendo coisas diferentes em seus rostos, você pode estar se sentindo perdido e sem saber por onde começar. Mas fique tranquilo, se você está chegando agora no universo das máscaras e cremes, aí vão algumas orientações para você ter uma rotina de skincare pra chamar de sua.

Marina Soriano é esteticista e cosmetóloga, ela explica que, cada vez mais, as pessoas procuram saber mais sobre o universo do skincare. Segundo ela, esse interesse é importante pois a pele, sendo o maior órgão do corpo, necessita de alguns cuidados para se manter saudável, bonita e, consequentemente, mais jovem.

“Mas devemos salientar a importância em consultar um profissional, para que sejam indicados os melhores procedimentos e produtos de forma segura, pois cada tipo de pele responde de forma diferente a um tratamento específico”, complementa.

Quais são os cuidados essenciais pra quem decide começar a cuidar da pele?

De acordo com a profissional, para quem quer iniciar a rotina de cuidados com a pele, os produtos básicos recomendados são o sabonete facial, esfoliante, hidratante e um bom filtro solar. “O sabonete e o esfoliante entrarão como agentes essenciais de limpeza e remoção de células mortas. O hidratante deixará a aparência vistosa e saudável, além dos cuidados garantidos através do protetor solar, necessários para quem se expõe à luz solar, computador ou até mesmo aos celulares que, assim como o sol, afetam a pele, causando danos e acelerando envelhecimento”, explica Marina.

Se você usa maquiagem, a atenção é redobrada, é preciso estar atento à remoção correta e a limpeza profunda da pele. Vale investir em um bom demaquilante, pois o produto irá remover a make, desobstruir os poros, eliminar resquícios de filtros solares ou até poluição que tenha aderido à sua pele durante o dia.

Para quem quer começar o skincare a-go-ra, a cosmetóloga deixou uma receitinha de máscara caseira, que hidrata, esfolia e pode ser utilizada em todos os tipos de pele. “No preparo, você vai utilizar uma colher de sopa de aveia em flocos e a mesma quantidade de mel. Misture tudo em um recipiente. Na aplicação, você vai passar em todo rosto, fazendo movimentos circulares bem leves e deixe agir por 10 minutos na pele”.

“Essa máscara pode ser feita uma vez por semana, é rápida e prática. Além de agir na hidratação e revitalização que o mel e a aveia juntos trazem, agrega também uma leve esfoliação”, acrescenta.

Marina Soriano, esteticista e cosmetóloga
Marina Soriano alerta para a necessidade de buscar um profissional em casos de tratamentos mais intensos. Crédito: Arquivo pessoal

Argilas

As máscaras de argila são muito utilizadas pelos amantes de skincare, pois são produtos 100% naturais - ótimo fator pra redução de riscos de quem está chegando agora - e ricas em diferentes propriedades. A máscara de argila pode ser feita até 3 vezes na semana, misturando o pó com água ou um chá gelado. Cada cor de argila tem propriedades específicas e pode ajudar em diferentes problemas da cútis, por isso, aí vai um mini-guia com as especificidades de cada cor:

Argila verde: ocupando o cargo de “a mais famosinha”, a argila verde é mais recomendada para peles oleosas, pois tem propriedades que reduzem a inflamação, além de ter ação secativa e anti-inflamatória. Ela também auxilia no controle da oleosidade e, por conta dos elementos em sua composição, como silício, cálcio, potássio e ferro, que ajudam a regular a produção de sebo na pele.

Argila branca: este tipo de argila é o mais suave, pois tem o PH muito semelhante ao da pele. A argila branca contém propriedades de alto percentual de alumínio e silício, o que faz com que ela tenha hidratante e iluminadora.

Argila rosa (ou vermelha): pode ser usada em todos os tipos de pele e geralmente tem uma ação calmante. Ela erve para estimular a articulação e oxigenação da pele, além de estimular a produção de colágeno, uma espécie de micro peeling suave e natural.

Argila amarela: tendo o silício como principal componente, a argila amarela pode ser usada em todos os tipos de pele, mas o uso é mais indicado para peles secas e maduras, em que seu potencial de ação é maior. Além disso, ela também tem propriedades desintoxicantes.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Saúde Fique bem Beleza

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.