ASSINE

Varanda: dicas para decorar e aproveitar o ambiente durante as férias

Escolher mobiliários com formas mais leves e simples, vasos de plantas e um carrinho de bar são algumas das dicas para fazer do espaço um local bonito e com funcionalidade

Publicado em 24/12/2020 às 05h00
Atualizado em 24/12/2020 às 05h03
Projeto de varanda de Fernanda Calazans
Na decoração dessa varanda, a arquiteta Fernanda Calazans utilizou mobiliário moderno, pratos na parede e o carrinho de bar que dá apoio aos moradores . Crédito: Divulgação/ Fernanda Calazans

Com a pandemia do coronavírus, as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa e o lar se tornou um local único para todas as atividades: trabalho, exercício físico e até mesmo lazer. E se antes disso a varanda já estava entre os espaços preferidos dos brasileiros, nesse período ela virou definitivamente o cômodo preferido da casa. De acordo com uma pesquisa realizada pela Ala Arquitetura, oito a cada dez pessoas optam por passar mais tempo na varanda do que em outros espaços da casa. E isso provavelmente aumenta em período de férias.

A arquiteta Luana Amaral explica o porquê de a varanda ser tão utilizada: "É um local mais arejado e com mais espaço, por isso as pessoas passaram a buscar ainda mais esse cômodo durante a pandemia. Elas optam pelo local para assistir lives, receber um parente ou amigo próximo, até mesmo para conseguir manter o afastamento”. A profissional conta que na decoração do espaço o ideal é priorizar a funcionalidade e escolher peças multifuncionais. "Como uma bancada próxima à churrasqueira ou à pia. Outra dica para compor o ambiente é apostar em um carrinho que dê suporte e possa circular por todo o espaço".

ESCOLHAS

A arquiteta Fernanda Calazans explica que o primeiro passo para pensar na ambientação da varanda é saber o objetivo do uso do espaço. "É preciso saber o tipo de insolação que a varanda recebe, se recebe sol da manhã ou da tarde. E também se é fechada ou aberta. Tudo isso vai definir as escolhas de mobiliários, plantas e adornos".

Projeto de varanda de Fernanda Calazans
Se a varanda for fechada, o morador pode escolher mobiliários sem a preocupação de pegar chuva. . Crédito: Camila Santos

Para as varandas de apartamentos, que geralmente são menores, a arquiteta conta que otimizar verticalmente é a solução para aproveitar melhor cada metro. "O morador pode ter uma varanda com uma mesinha e duas cadeiras compactas e usar as paredes para colocar as plantas. Pode tirar proveito também de estantes para ajudar na organização das plantinhas e adornos e até servir como apoio em algumas ocasiões", sugere.

Se a varanda for fechada, o morador pode escolher mobiliários sem a preocupação de pegar chuva. "Se a varanda for aberta, escolha móveis que podem receber chuva e sol, mesmo que a chuva não caia diretamente, eventualmente irá molhar. Mobiliários com formas mais leves e simples são o ideal para dar leveza e integrar com as plantas. Escolha vasos de diferentes alturas e monte composições de vegetação, isso muda completamente a varanda de forma rápida e intensa", sugere. Ela ressalta ainda que caso o espaço não seja fechado, é importante verificar se o condomínio permite utilizar a  fixação de plantas nas paredes que ficam para o lado externo.

ESPAÇO GOURMET

Se a ideia é fazer uma varanda gourmet, de acordo com Luana Amaral, a dica é investir em um clima intimista, com luzes quentes e indiretas que trazem uma atmosfera mais aconchegante. "O espaço gourmet é pensado como um ambiente para receber e descontrair. Aposte também em plantas, pois elas são capazes de dar outra cara para um ambiente, trazendo a natureza para dentro de casa, dando mais vida e alegria ao espaço. Podem ser em vasos grandes ou pequenos”, diz.

A arquiteta Luana Amaral usou frigobar, mobiliário claro e iluminação que cria um ambiente intimista
A arquiteta Luana Amaral usou frigobar, mobiliário claro e iluminação que cria um clima intimista na varanda. Crédito: Divulgação/ Luana Amaral

Para quem quer tornar o seu espaço útil, Luana diz que é preciso investir em eletrodomésticos que facilitam a acomodação e preparo dos alimentos, como churrasqueira, forno de pizza, fogão ou cooktop. “Esses são itens bastante utilizados e são projetados de acordo com o tamanho do espaço e sua utilização. Também recomendo investir em uma boa torneira, cubas e filtro de água, tornando o espaço gourmet funcional e completo”, diz a arquiteta.

arquitetura decoracao

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.