ASSINE

Recall de Marcas 2021: confira as vencedoras no segmento "construtora de imóveis"

Realizado pela Futura Inteligência, levantamento revela as marcas mais lembradas pelo consumidor

Publicado em 17/06/2021 às 00h32
Entre os segmentos pesquisados no Recall de Marcas 2021 está o de construtora de imóveis.
Entre os segmentos pesquisados no Recall de Marcas 2021 está o de construtora de imóveis. Crédito: Tierra Mallorca/Unsplash

Comprar uma casa ou apartamento é o sonho de muitos brasileiros. Para garantir que seja realizado, é preciso escolher com cuidado a melhor construtora de imóveis. Ter confiança na empresa é indispensável, já que esse provavelmente será o maior investimento feito pela família.

Este foi um dos segmentos avaliados no 29º Recall de Marcas Rede Gazeta. A pesquisa é realizada pela Futura Inteligência, empresa especializada em levantamentos no Espírito Santo. Foram entrevistadas 2,4 mil pessoas na Grande Vitória (Vitória, Serra, Cariacica e Vila Velha).

Veja as vencedoras neste segmento na pesquisa do Recall de Marcas 2021:

  1. 03

    3º lugar - Galwan

    A Galwan nasceu em 1981, em Vila Velha. A empresa já entregou mais de 2.580 unidades residenciais e comerciais. São mais de 64 empreendimentos residenciais, comerciais e hotéis concluídos até hoje. Em 2007, a empresa passou a construir, também, hotéis no Rio de Janeiro.

  2. 04

    3º lugar - Lorenge

    A história da empresa começou um pouco antes de 1980, quando foi criada a “Lorenge Construtora e Incorporadora Ltda”. Com ritmo crescente de trabalho, em pouco tempo outros projetos surgiram e a credibilidade do grupo ganhou destaque no mercado da construção civil, firmando a qualidade da marca. A empresa já registrou mais de 1 milhão de metros quadrados construídos, com mais de 17 mil unidades edificadas e cerca de 10 mil clientes atendidos.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Recall de Marcas Recall de Marcas 2021

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.