ASSINE

França libera entrada de turistas brasileiros completamente vacinados

Antes da mudança, passageiros vindos do Brasil só poderiam entrar no país caso tivessem um motivo válido, como reagrupação familiar ou residência na França

Publicado em 17/07/2021 às 19h50
Museu do Louvre, em Paris, na França
Museu do Louvre, em Paris, na França. Crédito: Olivier Ouadah/Divulgação

A França anunciou neste sábado (17) que a entrada de turistas completamente imunizados contra a Covid-19 está liberada, independentemente do país de origem. Com isso, viajantes brasileiros também poderão ir ao país.

Será aceita a entrada apenas de pessoas que receberam doses de imunizantes aprovados pela agência de saúde europeia: os da AstraZeneca, Moderna, Pfizer ou Janssen. Além disso, é preciso esperar sete dias entre a segunda dose e a viagem, ou 28 dias no caso de aplicação do imunizante da Janssen, de dose única.

Segundo Caroline Putnoki, diretora da À Tout France, agência oficial de desenvolvimento turístico do país, será preciso apresentar o certificado da vacina e uma declaração de que o viajante não possui sintomas nem teve contato com pessoas com Covid.

Detalhes sobre como estrangeiros poderão emitir o "passe sanitário" para frequentar lugares de cultura e lazer, além de como será o controle de viagens de crianças ainda não foram anunciados.

Antes da mudança, passageiros vindos do Brasil só poderiam entrar no país caso tivessem um motivo válido, como reagrupação familiar ou residência na França.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.