ASSINE

5 dicas para quem acabou de tirar a carteira perder o medo de dirigir

No dia a dia do trânsito não tem como avisar que o motorista é recém-habilitado, por isso é preciso ter confiança antes de enfrentar vias movimentadas

Publicado em 15/04/2021 às 10h01
Inexperiência causa frustração e impede motoristas de dirigirem
Inexperiência causa frustração e impede motoristas de dirigirem. Crédito: Freepik

Yasmin Sousa é monitora de qualidade e tem 19 anos. Ela tirou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recentemente e ao pegar o carro pela primeira vez, fora da autoescola, foi para Vila Velha. “A experiência foi incrível, mas fiquei muito nervosa, estava em um lugar que não conheço, não sei como funciona o trânsito”, conta.

Como ela bem lembra, a partir do momento em que se tem uma CNH e está dirigindo, o motorista é o responsável por todos dentro do veículo e, praticando uma direção defensiva, também deve pensar na segurança das pessoas que estão em outros automóveis e até mesmo nas calçadas. Por isso, Yasmin cita as situações repentinas no trânsito, por exemplo, como um dos seus maiores medos.

Ainda segundo a jovem, “pedestre que não respeita a sinalização e que talvez possa ocasionar um acidente, até mesmo a pressa, falta de paciência e compreensão de quem já dirige com quem está começando agora” também são outros motivos de ter receio ao dirigir.

Para Yasmin Sousa, de 19 anos, as situações repentinas no trânsito são seus maiores medos
Para Yasmin Sousa, de 19 anos, as situações repentinas no trânsito são seus maiores medos. Crédito: Arquivo Pessoal

Yasmin afirma que o nervosismo é o principal ponto que precisa melhorar como motorista. “Esse sentimento nos primeiros dias é inevitável porque a gente acostuma com um instrutor do lado.”

Ela não está só. Um levantamento de 2018 da Associação Brasileira de Medicina do Trânsito (Abramet) aponta que dois milhões de motoristas sentem medo de dirigir, sendo que 80% desses condutores são mulheres.

Édina de Almeida Poleto, diretora técnica do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES), fala que esse medo só será perdido com prática. “Se não treinar, a pessoa esquece o que aprendeu e fica cada vez mais nervosa.”

De acordo com Édina, isso acontece muito com quem escolhe não dirigir para não ter infrações no primeiro ano da licença. Para ela, esse nervosismo tem vários fatores como problemas psicológicos e as frustrações com um cenário muito diferente daquele da autoescola. “Além disso, pela falta de experiência, esses novos motoristas podem se envolver em pequenos acidentes e acabam ficando traumatizados”, observa.

Ainda segundo Édina, caso o medo comece a limitar a pessoa, é necessário buscar ajuda profissional.

A diretora técnica destaca também que os motoristas de modo geral precisam ter paciência, concentração e tranquilidade. A paciência, segundo Édina, precisa ser exercida principalmente pelos condutores experientes. Não é possível saber se o carro da frente é de um recém-habilitado. Dessa forma, xingar a outra pessoa ou buzinar de forma exagerada só irá estressá-la ainda mais e causar mais traumas. Além disso, a especialista lembra que ter educação é sempre necessário.

Concentração e tranquilidade são fundamentais para conseguir lidar com os imprevistos do dia a dia citados no início desta matéria por Yasmin. “Fique atento às sinalizações, respeite os limites de velocidade e evite distrações, como mexer no celular. Assim é possível sair de situações inusitadas sem prejuízos”, orienta Édina.

CONFIRA DICAS DO DETRAN-ES PARA OS RECÉM-HABILITADOS

  1. 01

    Pratique

    Dirija nem que seja pelo bairro. Dê algumas voltas todos os dias para ter confiança ao volante. Escolha rotas com pouco fluxo de carros e horários com trânsito mais tranquilo.

  2. 02

    Estabeleça metas

    Treine a saída e a entrada na vaga de garagem de casa, por exemplo. Assim que ganhar confiança, evolua para algo mais avançado como passar por aquela ruela estreita do seu bairro até ter coragem de encarar uma Dante Michelini em horário de pico.

  3. 03

    Conheça seu carro

    Talvez o seu automóvel não seja o mesmo da autoescola, por isso, antes de sair, conheça todas as funcionalidades do veículo, inclusive os pedais. Isso evita acidentes e situações desagradáveis no trânsito.

  4. 04

    Tenha um guia

    Inicialmente, dê preferência para dirigir com um motorista experiente ao seu lado. Mas escolha uma pessoa tranquila que vai te acalmar e não alguém que piore o seu nervosismo.

  5. 05

    Concentre-se

    Fique atento e respire fundo. O trânsito é composto por muitos agentes. Mantenha os olhos abertos e ouvidos atentos. Evite distrações, como mexer no celular.

CNH carros

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.