ASSINE

'Não é acidente', diz leitor sobre colisão que matou pai e filha em Colatina

José Idalino Neppel, de 44 anos, e Maria Karoline Neppel, 23, morreram após a motocicleta em que estavam ter sido atingida por um veículo conduzido por um motorista embriagado

Publicado em 05/07/2021 às 10h25
Pai e filha morreram, na noite desta quinta-feira (1º), em um acidente na ES-080
Pai e filha morreram na noite de quinta-feira (1º), em um acidente na ES-080 . Crédito: Redes Sociais

Pai e filha morreram em um acidente de trânsito, no dia 1º deste mês, quando a motocicleta em que estavam foi atingida por um veículo conduzido por um motorista embriagado. A colisão ocorreu na ES 080, no momento em que José Idalino Neppel, de 44 anos, e Maria Karoline Neppel, de 23, chegavam em casa na comunidade de Santo Antônio de Mutum, no interior de Colatina.

O motorista, Uanderson Elias Delfino, foi preso em flagrante por homicídio culposo na direção de veículo automotor. Ele passou por audiência de custódia na manhã de sexta-feira (2) e teve a prisão mantida, sendo encaminhado em seguida para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina. 

Em 2018, o condutor já havia sido preso por beber, dirigir e causar outro acidente de trânsito, que deixou a própria sogra ferida. De acordo com a Polícia Militar, Uanderson Elias Delfino, na época, pilotava uma motocicleta. A Secretaria de Justiça do Espírito Santo (Sejus) informa que ele chegou a ser detido, mas foi liberado quatro dias depois.

Nas redes sociais de A Gazeta, a morte de pai e filha gerou bastante comoção e também indignação pela recorrência de acidentes de trânsito, muitos deles com óbitos, causados por motoristas embriagados. Confira alguns comentários dos leitores:

Infelizmente esses motoristas bêbados tiram a vida de quem amamos. Perdi meu pai e meu filho assim e até hoje quem cometeu o crime permanece solto. (Patricia Endalecio)

Mais um caso triste e cruel que ocorre por causa de um irresponsável... Lamentável! Revoltante! Um ser desse não era para estar dirigindo. Não tem como mensurar a dor. Muita força aos familiares e amigos! (Leonardo Piovezan)

Mais uma tragédia por conta de irresponsabilidade… será que é tão difícil entender que beber e dirigir é proibido? Estamos falando de vidas. (Thereza Rachel Ferrari Ritter)

Trabalhamos incansavelmente para conscientizar, mas infelizmente muitos condutores só pensam na multa, no valor que pagarão se forem pegos. A vida, a dor da perda, não tem relevância para as pessoas que acham que uma lata de cerveja não faz diferença. Se cada um cuidasse da sua atitude, já teríamos grande mudança no trânsito. Meus sinceros sentimentos à família. (Dayene Martins)

Esse tipo de tragédia não para de acontecer, pois infelizmente o criminoso que cometeu esse assassinato vai pagar uma fiança e responderá em liberdade. Lamentável! (Jakson Junior)

E as notícias se repetem, famílias destruídas... Está visível que algo precisa ser mais severo, só não ver quem não quer. O povo da região está acostumado a encher a cara e dirigir e ninguém faz nada. (Gil Silva)

Vamos ver se desta vez fica preso por mais tempo... infelizmente esperam o pior acontecer para pensarem em cumprir a justiça. Incrível. (Bruna Petrilo Machado)

O erro já está no tipo de flagrante... homicídio culposo. Foi DOLOSO, houve intenção de matar... principalmente com reincidência. (Jaubert Rosa Ardiçon)

Se tivessem prendido o motorista desde a primeira vez que ele foi flagrado embriagado, não teria tirado duas vidas agora. Mas essas leis que nao mudam, pagam fiança e pronto… o motorista fica solto para fazer mais vítimas. É revoltante. (Darlene Pereira)

E é uma pena isso não ser o suficiente para por um motorista bêbado atrás das grades. Uma fiancinha e já era. (Rafael Coutinho Soares)

Cadê as blitze da Lei Seca? Temos protocolo sanitário para tudo, escolas, bares... não tem para blitz?? (Alécio Salazar)

Culposo? Já foi preso por dirigir embriagado e ainda é homicídio culposo? (Keitel Conte)

Motorista embriagado não é acidente, é assassinato. A pessoa sabe do risco e mesmo assim pega a direção. Tem que ser mudada essa lei. (Veronica Reis)

Quem sofre é a gente que convivia com as vítimas, elas nunca mais voltarão. Já esse motorista aí daqui uns dias tá solto! A Justiça brasileira é uma piada. (Brenda Tinelli)

Ê, Brasil, quantas leis falhas! Por conta disso, mais uma tragédia! Lamentável! (Lucas Alves)

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Colatina acidente colatina trânsito

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.