ASSINE

Bolsonaro, PF e família: leitores comentam vídeo de reunião ministerial

Apontada como prova por Sergio Moro de que o presidente tentou interferir na Polícia Federal, gravação foi exibida na terça-feira (12) e poderá ser divulgada pelo STF

Publicado em 13/05/2020 às 11h38
Atualizado em 22/05/2020 às 15h28
Jair Bolsonaro
Presidente da República, Jair Bolsonaro. Crédito: Marcos Correa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) admitiu que falou sobre a própria família em reunião ministerial do último dia 22 de abril. O vídeo da reunião, apontado como prova por Sergio Moro de que Bolsonaro o pressionou por mudanças em cargos de chefia na Polícia Federal, foi exibido na terça-feira (12) para o ex-ministro, policiais federais, procuradores da equipe da Procuradoria-Geral da República e integrantes da Advocacia-Geral da União (AGU).

De acordo com investigadores que assistiram ao vídeo, a gravação "confirma que o presidente Jair Bolsonaro justificou a necessidade de trocar o superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro à defesa de seus próprios filhos". Ainda na terça, o presidente afirmou que "não tem no vídeo a palavra Polícia Federal ou superintendência".

Bolsonaro sustenta que falava da segurança de familiares, que é provida pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI). "Não tem a palavra investigação", complementou. "A Polícia Federal nunca investigou ninguém da minha família", alegou.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello determinou que a perícia da PF transcreva integralmente as declarações do vídeo, para depois decidir sobre sua divulgação. Bolsonaro afirmou que a gravação da reunião ministerial de 22 de abril deveria ter sido destruída.

O conteúdo do vídeo, revelado por testemunhas que assistiram à exibição, dividiu as opiniões dos leitores de A Gazeta. Alguns alegam que as falas do presidente confirmam tentativa de interferência na PF, conforme apontado por Moro, e pedem investigação aprofundada. Outros, no entanto, acreditam que as declarações de Bolsonaro são irrelevantes.  Confira alguns comentários:

Se a moda pega, o investigado vai querer investigadores amigos da família... se Bolsonaro fosse honesto, não estaria nem aí para a Polícia Federal! Quem não deve não teme!! (Rodrigo Pancini)

Esse governo de Bolsonaro virou uma patifaria. (Angelo Da Mata)

O Bolsonaro não vai cair, até porque ele está se blindando como o PT fez na época do Lula, fazendo acordos com o centrão e alimentando seus cegos seguidores! Bolsonaro e Lula são idênticos, populistas sem escrúpulos. (Ricardo Torezani)

É exame que deu negativo, é interferência negada pelo próprio Valeixo, é uma verdadeira caça às bruxas, chifre na cabeça de cavalo. E Bolsonaro continua com reputação ilibada. Votei e não me arrependo e 2022 é Bolsonaro de novo. (Azilvarnario Messias de Oliveira)

Se ele não defender a família dele, quem vai defender? Qualquer um no lugar dele faria o mesmo. (Alex Sandro Madeira)

Quebraram a cara, nada demais pedir proteção para a família. (Gilson Manoel)

Não tem nada no vídeo que ele não tenha dito na campanha! Ele sempre disse que defenderia a família, só que teve gente que entendeu que era a família do povo brasileiro. Mas ele se referia à família dele! (Glenda Luz)

A troca da segurança dos filhos pela PF nada tem a ver com interferir em inquéritos, até porque Bolsonaro não tem filho investigado pela PF. (Lena Rodrigues)

Ele repete que os filhos dele não são investigados pela PF! São investigados sim, está em qualquer site sério para quem quiser saber detalhes. (Rejane Miranda)

Já pensou um prefeito não querer um delegado pois o mesmo investigará sua família corrupta? Apenas um exemplo da gravidade do que Bolsonaro fez! Bolsonaro é criminoso e corrupto.... vamos dar andamento ao caso Queiroz, aos funcionários fantasmas, locação de imóvel com dinheiro público, aos depósitos na conta de Flávio e Michele bolsonaro, a participação desse povo na venda de puxadinhos em área de milícias e tantas outras coisas que estão por vir... a mudança na PF não é à toa!! Aguardem! (Roberto Vieira)

Se comprovada a interferência do presidente em investigações, através do abuso de seu poder e autoridade, deve-se imediatamente emitir-se pedido de prisão preventiva, uma vez que as ações se caracterizam o crime de obstrução de Justiça. (Deivid Schreder)

Quem não está satisfeito vá pra Cuba, Venezuela, lá que vocês vão se dar bem. (Elizete Costa)

Elizete Costa, você não acha que interferir politicamente na PF torna o Brasil pior que os países citados por você? Tira a venda dos olhos! Queremos continuar vivendo a nossa democracia e governo nenhum tem o direito de interferir nisso. (Js Monystair)

Achar esse desgoverno do desequilibrado e inconsequente “santo miliciano” uma porcaria não nos faz petralhas e/ou esquerdopatas não, nos faz apenas pessoas sensatas. (Sergio Moulin)

Sergio Moro conseguiu se queimar com os próprios amigos juízes e delegados. Os juízes sérios e delegados estão envergonhados pelas mentiras dele. O Valeixo está desmentindo a mentira narrada por ele. Como que pode um cara em que muitos depositaram confiança de que poderia ser um sucessor em 2022, eu mesmo votaria nele, um ministro da Justiça, um juiz ele mesmo? Se queimou sozinho e seus amigos estão desmentindo a mentira que ele narrou, pois são honestos e trabalham com a verdade. Agora Sergio Moro se vendeu, coitado, ficou feio. De repente ele ganha para síndico de algum prédio. (Eder Santos)

Impeachment já! Bolsonaro não dá mais! Imagina um presidente intervir na PF? Adeus combate à corrupção! (Roberto Vieira)

Bolsonaro fala as besteiras ao vivo e depois volta atrás, sempre isso. (Maria Tereza Silva)

Se Bolsonaro falou que não fez, ele fez. (Carlos Emílio)

Bolsonaro está desmascarando a farsa que é nossa República e a mentira que é nossa democracia. O povo é esmagado pelas instituições. Incrível é muita gente não enxergar a mudança! (Bruno Falce)

Bruno Falce, há mais de 30 anos que o Bolsonaro e os filhos mamam nessas instituições… Acho que eles não têm do que reclamar. (Filipe Passos)

Ainda tem gente acreditando em Papai Noel. É como dizem: cada um acredita na mentira que lhe convém. (Marly Moreira de Sousa Meireles)

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.