ASSINE

Bolsonaro comemora suspensão de teste da Coronavac e leitores reagem

Anvisa interrompeu estudos da vacina após morte de voluntário. Nas redes sociais, presidente afirmou que essa é mais uma situação em que "Jair Bolsonaro ganha”

Publicado em 11/11/2020 às 10h11
Presidente da República, Jair Bolsonaro, em evento voltado ao turismo em Brasília
Presidente da República, Jair Bolsonaro, em evento voltado ao turismo em Brasília. Crédito: Isac Nóbrega

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou na segunda-feira (9) a interrupção dos estudos clínicos da Coronavac, devido a um "efeito adverso grave". O governo de São Paulo e o diretor do Instituto Butantan, parceiro do laboratório chinês Sinovac Biotech na produção da vacina contra a Covid-19, reagiram duramente à proibição

A suspensão ocorreu no mesmo dia em que o governador João Doria anunciou que o primeiro lote de doses da Coronavac, com 120 mil dosagens, chegaria no Estado de São Paulo no dia 20 de novembro. Boletim de ocorrência obtido por veículos de imprensa indica que a causa da morte do voluntário que participava dos testes da vacina foi suicídio ou overdose.

No dia seguinte, o assunto ganhou contornos políticos. Nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro comemorou a decisão da Anvisa. Segundo ele, essa é mais uma situação em que "Jair Bolsonaro ganha”. Na mesma postagem, o presidente criticou o governador João Doria e afirmou, sem nenhuma comprovação, que a vacina causa morte e invalidez.

Ao discursar em um evento sobre turismo, também na terça-feira (10),  Bolsonaro ainda afirmou que o Brasil precisa "deixar de ser um país de maricas", ao dizer que o país precisa enfrentar a pandemia do coronavírus. O presidente também fez alusão ao democrata Joe Biden, eleito presidente dos Estados Unidos há quatro dias. "Apenas a diplomacia não dá, não é, Ernesto [Araújo, chanceler]? Quando acaba a saliva, tem que ter pólvora, senão, não funciona", disse Bolsonaro.

As declarações repercutiram no Brasil e no cenário internacional. Nas redes sociais de A Gazeta, as falas levantaram uma série de críticas em torno da politização da cura da Covid-19, enquanto alguns eleitores defenderam a postura do presidente. Confira alguns comentários:

Absurdo!! Em meio ao caos que estamos vivendo, pessoas morrendo, famílias devastadas, desemprego e incertezas, todo o povo almejando a vacina o quanto antes para que volte a normalidade, e o irresponsável do presidente da República fazendo guerra política! Francamente, hein! (Nino Capixaba)

Isso é ganhar? Interromper testes de uma vacina que pode salvar milhões de pessoas pra mim é uma grande derrota. Vai entender a cabeça desse psicopata! (Jorge Rodrigues de Ornellas)

É um presidente pior que o outro. Quando a gente pensa que vai melhorar... não tem mas jeito, não. É daí para pior. Só Deus pra ter misericórdia de nós. Não vejo Bolsonaro fazendo nada pela saúde, pela educação, pela segurança, pelo meio ambiente… Ele não está nem aí para nada. (Jeane Gomes)

Bolsonaro já deu! Péssimo presidente e péssimo ser humano. A derrota do politicamente errado está pra chegar. Não é possível tanta barbárie, inversão de valores e corrupção da vida a que assistimos cotidianamente com esse miliciano na presidência. (Antônio Vitor)

Não, ele simplesmente falou que mais uma vez estava certo quanto à vacina. E estava mesmo. (Miriam Cristina)

Vejo um monte de gente ainda defendendo essa coisa que chamam de presidente. Na boa, ele não tem o direito de se comportar desse jeito. Se não tem equilíbrio emocional para o cargo, deve deixá-lo... isso teve repercussão internacional e defendê-lo é uma falha no senso moral e ético, que foram desculpas para colocá-lo lá. (Carlos Bandeira)

Só encara a ignorância como virtude quem está com o coração mergulhado na escuridão. Bolsonaro e todos que o apoiam estão (a)fundando a república do engano e da torpeza. A ignorância e a opinião indecente e sem pudor, são amigas íntimas da crueldade. (Magno Patrick Pickhardt)

Depois falam que quem não concordar está torcendo contra… (Raquel Moraes)

É o melhor e mais sincero presidente do Brasil dos últimos 30 anos!! (Herwal Griffo Van Gastel)

E os 89 mil na conta da Michelle? E as rachadinhas dos filhos? E os panetones lavanderias de dinheiro? Quem financia o Queiroz? (Herberth Ferreira)

Ele não perdeu ninguém da família, né? Não está em luto como muitas famílias, não está chorando como muitos filhos que perderam seus pais e vice-versa. Tem pessoas que morreram sem ter ao menos o resultado do exame, muito menos internação, enquanto o presidente fez vários exames, teve uma equipe médica exclusivamente pra ele. Nem dá para bater de frente com um ser desse! Se todo mundo vai morrer, por que ele corre logo para o hospital quando adoece? Podia esperar a morte em casa, já que vai morrer mesmo. Falta de respeito com as famílias que estão de luto. (Josete Martinelle)

Esse é o nosso presidente. Fala o que pensa sem meias palavras. Ou morremos de coronavírus ou de necessidade por falta de emprego ou de um país quebrado. (Fatima Regina Fieni)

Louco! E ainda chamou para guerra a maior potência bélica do planeta. (Andre Sereno)

Duvido que o discurso dele continuaria o mesmo se a esposa dele que pegou Covid tivesse morrido. Imagina quem perdeu mãe e pai ou alguém querido ouvindo isso? Esse homem não pensa. (Luane G. Gasparini)

Infelizmente ele não depende da saúde pública. Não falo isso só pela pandemia, mas sim desde muito antes. Temos, sim, que enfrentar a pandemia, temos que fazer nossa parte, mas com consciência e lúcidos, porque doidos este país tem de sobra. Pobre do povo escravo e refém do governo! (Eliane Correia)

Quando Bolsonaro tomou a facada, chorou, reclamou, pediu oração e não queria morrer. Hipocrisia pouca é bobagem. Tomara que seja demitido em 2022. (Maria Renata Lopes)

Concordo plenamente com ele. Esse presidente me representa a verdade. É que muitos brasileiros estão acostumados com discursos montados, cheios de mentiras, e não estão acostumados a lidar com falas sinceras, verdadeiras. (Fabiano Pereira)

Não satisfeito, Bolsonaro declara guerra aos EUA. Quem somos nós para querer guerra com alguém? Vão vendo como transformar o país numa Venezuela, agora é só aguardar as sanções. A moeda ele já conseguiu desvalorizar ao pior patamar desde sua criação, agora está querendo embargos. Louco, tem que ser internado. #camisadeforçajá (Rosembergue Simonaci)

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.