ASSINE

Moradores pedem obras e fecham Rodovia do Sol em Marataízes

ES 060, que liga Marataízes a Itapemirim, teve parte da via destruída pela força da maré. Trânsito ficou interditado na manhã desta segunda-feira (6), mas já foi liberado

Tempo de leitura: 2min
Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 06/06/2022 às 10h01
Atualizado em 06/06/2022 às 14h28
Moradores fecham a rodovia em Marataízes
Moradores fecham a Rodovia do Sol em Marataízes. Crédito: Thales Rodrigues

Moradores de Marataízes, Litoral Sul do Espírito Santo, fecharam a Rodovia do Sol (ES 060), na altura de Pontal da Barra, na manhã desta segunda-feira (6), em protesto pela falta de obras de contenção no local. Parte da rodovia foi destruída pela força do mar. O local foi parcialmente interditado no mês passado, mas segundo os moradores, nenhuma obra está acontecendo para conter o avanço do problema. Durante a interdição, os motoristas precisaram passar por um desvio por dentro do bairro. No final da manhã, a manifestação foi encerrada.

Manifestantes do bairro Pontal da Barra colocaram fogo em pneus e interditaram a via logo pela manhã. A rodovia liga Marataízes a Itapemirim. Por volta de 9h50, de acordo com apuração da TV Gazeta, o fogo havia sido controlado, mas a via permanecia interditada.

No mês de maio, a força da maré já havia derrubado uma árvore e a pista cedeu. A prefeitura precisou bloquear o ponto prejudicado. 

Na época, a Prefeitura de Marataízes disse que, apesar de a rodovia ser de responsabilidade do governo do Estado, iria fazer uma licitação emergencial para contratar uma empresa. O Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado do Espírito Santo (DER) foi procurado pela reportagem nesta segunda (6). Assim que houver retorno, este texto será atualizado.

Segundo apuração do repórter da TV Gazeta Sul, Thales Rodrigues, o protesto foi encerrado no final da manhã desta segunda-feira. À reportagem, a Prefeitura de Marataízes disse que vai contratar uma empresa para fazer as obras de forma emergencial, e a estimativa de gasto é de quase R$ 1 milhão. O projeto da obra foi elaborado pelo município e aprovado pelo DER. Os trabalhos devem começar na próxima quarta-feira (8), de acordo com a administração municipal. 

Atualização

6 de Junho de 2022 às 14:27

O protesto dos moradores foi encerrado no final da manhã desta segunda-feira (6), e o trecho da Rodovia do Sol que havia sido interditado pelos manifestantes foi liberado. O texto foi atualizado.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Itapemirim Marataízes DER-ES rodovia do sol Protestos

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.