ASSINE

Advogado capixaba percorre Iconha e mostra carro pendurado na beira do rio

Em percurso de barco, Magno Martins flagrou cenas de destruição ao redor do Rio Iconha. Ele foi até o município para ajudar a população

Publicado em 20/01/2020 às 11h59
Atualizado em 20/01/2020 às 13h03
Carro ficou pendurado na beira do rio após chuvas que atingiram Iconha. Crédito: Magno Martins
Carro ficou pendurado na beira do rio após chuvas que atingiram Iconha. Crédito: Magno Martins

O advogado capixaba Magno Martins percorreu o Rio Iconha de barco para mostrar a situação da cidade após as chuvas que atingiram o Sul do Estado na última sexta-feira (17). Durante o percurso de mais de uma hora, realizado no último domingo (20), Magno flagrou cenas impressionantes, entre elas a de um carro pendurado na beira do rio. 

"Saímos de Piúma e fomos subindo o rio até Iconha para ver a situação e se conseguíamos localizar alguma vítima. O cenário era devastador. Encontramos animais mortos, camas, geladeiras e uns quatro ou cinco veículos dentro e às margens do rio", lembra.

Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição

Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição. Magno Martins
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição. Magno Martins
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição. Magno Martins
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição. Magno Martins
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição. Magno Martins
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição. Magno Martins
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição. Magno Martins
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição
Durante percurso no rio, advogado flagrou cena de destruição

Magno, que é morador de Piúma, foi para Iconha ainda na sexta-feira à noite para ajudar moradores do município. Junto a um amigo, ele tentou resgatar pessoas de barco que estavam ilhadas em comunidades.  O cenário, segundo ele, era assustador.

Magno Martins

Advogado

"Fui pensando que era um alagamento normal, mas o que encontrei foi uma cena de guerra. A água passou muito forte, as casas ribeirinhas caíram tudo. Não vou conseguir dormir direito depois do que eu vi lá "

Nos vídeos gravados pelo advogado é possível ver a destruição deixada pela chuva nas casas que ficam ao redor do rio. De acordo com a Defesa Civil Estadual, o Rio Iconha chegou a subir mais de quatro metros, transbordando e invadindo a cidade.

Iconha foi um dos municípios mais atingidos pela chuva que começou na noite da última sexta-feira (17). Uma enxurrada de água varreu a cidade, destruindo comércios, casas e levando carros e móveis. O alagamento deixou moradores desesperados (confira no vídeo abaixo).

Até a manhã desta segunda-feira (20), 35 pessoas estavam fora de casa e sendo acolhidas por abrigos em Iconha. Três mortes foram registradas na cidade.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Chuva no ES Iconha alagamento chuva

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.