ASSINE

Vídeo: entenda o relatório da CPI da Covid e as acusações contra Bolsonaro

Relatório final foi produzido pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL). Votação para aprovar o texto está marcada para esta terça-feira (26)

Vitória
Publicado em 25/10/2021 às 17h45

O relatório final da CPI da Covid, produzido pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), vai ser votado nesta terça-feira (26) pelos membros da comissão no Senado. A CPI, que foi instalada em abril, terá então um desfecho final. 

No texto apresentado por Calheiros, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é apontado como principal responsável pelo agravamento da pandemia no país. A ele são sugeridas punições por nove tipos de crime, entre eles de responsabilidade e crimes contra humanidade, este último a ser julgado pelo Tribunal Penal Internacional, em Haia. 

Além do presidente, o relatório pede o indiciamento de duas empresas e outras 65 pessoas. Na lista estão os filhos do chefe do Planalto, médicos que incentivaram o uso de medicamentos ineficazes contra a Covid-19, ministros e ex-ministros do governo. 

O texto apresentado por Renan Calheiros pode ser modificado antes da votação, por meio de sugestões dos membros da CPI. Para ser aprovado, é necessário ter a maioria dos votos, ou seja, 6 dos 11 membros precisam ser a favor do relatório. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.