ASSINE

PT, PSB, PDT e Cidadania disputam filiação de Fabiano Contarato

Hoje filiado à Rede, Contarato tem mantido conversas com outros partidos de centro-esquerda, mas ainda não escolheu a nova sigla. Nesta quarta-feira (30), recebeu convite do Cidadania

Vitória
Publicado em 30/06/2021 às 21h22
Contarato já comunicou sua decisão de deixar a Rede aos dirigentes nacionais do partido
Contarato já comunicou decisão de deixar a Rede aos dirigentes nacionais do partido. Crédito: Waldemir Barreto/Agência Senado

Com a saída já anunciada da Rede, partido pelo qual se elegeu senador em 2018, Fabiano Contarato tem sido cobiçado por legendas de centro-esquerda. Além do PT,  com quem Contarato mantém conversas,  pelo menos outros três partidos, PDTPSB e Cidadania, também têm mostrado interesse em filiar o parlamentar.

Em entrevista ao Papo de Colunista desta quarta-feira (30), o senador afirmou que ainda não decidiu seu o futuro partidário e que, por enquanto, analisa os convites que já foram feitos pelas siglas.

Por ocupar um cargo majoritário, Contarato não precisa esperar o período da janela partidária, de seis meses antes de uma eleição, para efetuar a troca. Assim, ele pode mudar de partido a qualquer momento durante o mandato.

"Hoje, acabou de sair daqui o Roberto Freire, que é presidente do Cidadania, me fazendo convite para ir ao Cidadania. Como eu tive o Lupi [Carlos Lupi], que já marquei uma conversa com ele, do PDT, com o Siqueira [Carlos Siqueira] do PSB, Mas isso ainda não está definido, se já estivesse eu teria anunciado publicamente", afirmou.

Confira o trecho na entrevista abaixo:

No início do ano, Fabiano Contarato se reuniu com o ex-presidente Lula em Brasília. Na ocasião, foi convidado pelo petista para se filiar ao PT e ser candidato ao governo do Espírito Santo pela legenda. Ficou de avaliar o convite.

De lá para cá, o senador deu vários indícios que poderia compor o grupo, participando de atos de filiação de alguns aliados ao PT, quando, com frequência, era chamado de governador. Mas as conversas com o Partido dos Trabalhadores parecem ter esfriado devido a um movimento de aproximação entre PT e PSB.

Ex-presidente Lula e Fabiano Contarato (Rede) em encontro nesta terça-feira (4), em Brs
Ex-presidente Lula (PT) e Fabiano Contarato (Rede) em encontro em que o senador foi convidado a se filiar ao PT. Crédito: Ricardo Stuckert

Nacionalmente, Lula tenta um alinhamento com partidos de centro-esquerda para obter apoio a sua candidatura à presidência da República em 2022. Uma aliança com o PSB poderia incluir um acordo para que os petistas não lançassem candidatos em Estados onde os socialistas já têm candidatura própria. É o caso do Espírito Santo, onde o governador Renato Casagrande (PSB) deve tentar a reeleição.

Aliados de Contarato afirmam que a filiação dele ao PT estaria condicionada à candidatura ao governo, o que ele nega. O senador, contudo, não esconde o desejo de ser governador do Estado.  Caso tenha a legenda para concorrer em 2022, ele não pretende ficar omisso.

"Se eu entrar em um partido político e se houver uma construção de plano de governo para o Estado Espírito Santo, que seja um Espírito Santo muito melhor para reduzir a desigualdade, para gerar emprego e renda, para diminuir carga tributária naquilo que é competência do Estado, e se meu nome for escolhido, como o presidente gosta de usar o hino e eu também vou usar 'Verás que um filho teu não foge à luta', eu posso, sim, perfeitamente, ser candidato", afirmou. 

"A população capixaba pode me dar 1% de votos, 2% de votos ou nem um, eu ser eleito, não ser eleito. Mas eu não quero mais me furtar, não vou ficar omisso."

PARTIDOS CONFIRMAM INTERESSE

Procurado pela reportagem, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, confirmou interesse em ter Contarato no partido e disse que vai se reunir com ele pessoalmente na próxima semana. O PDT também disse que tem mantido conversas com o parlamentar. Já com o Cidadania, a reportagem não conseguiu contato. 

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.