ASSINE

Expulso do PSL, Capitão Assumção vai para o Patriota

O deputado estadual é pré-candidato à Prefeitura de Vitória e já recolhe assinatura para a criação de outro partido

Publicado em 02/04/2020 às 21h02
Capitão Assunção, ex-PSL, filiou-se ao Patriota. No Espírito Santo, sigla é presidida por Rafael Favatto. Crédito: Divulgação
Capitão Assunção, ex-PSL, filiou-se ao Patriota. No Espírito Santo, sigla é presidida por Rafael Favatto. Crédito: Divulgação

O deputado estadual Capitão Assumção filiou-se ao Patriota na noite desta quinta-feira (02). A assinatura de inscrição aconteceu quase um mês após ele ser expulso do Partido Social Liberal (PSL) pelo então presidente do partido Amarildo Lovato. Assumção deve vir como candidato à Prefeitura de Vitória na eleição municipal deste ano.

De acordo com o presidente do Patriotas no Estado, Rafael Favatto, o convite para que Assumção se unisse ao partido ocorreu há cerca de dois meses, mas como ele ainda estava no PSL não era viável. "Quando ele foi expulso, abriu-se essa oportunidade de estar vindo para o Patriota. Ele é um excelente nome", afirma.

Ainda segundo Favatto, até o momento o único nome do partido que se propôs a disputar a prefeitura da Capital foi Assumção. "Ele está animado para disputar a eleição e tem o apoio do presidente nacional do partido", disse.

EXPULSÃO DO PSL

No dia 17 de março, Assumção foi notificado formalmente sobre sua expulsão. Os motivos alegados por Lovato eram que deputado estadual estaria expressando infidelidade partidária, além de gerar constrangimento ao PSL, por vir participando ostensivamente de atos públicos de coleta de assinaturas visando à fundação de outro partido: o Aliança pelo Brasil, futura sigla de Bolsonaro.

Com a saída do partido, abriu-se uma porta para Assumção se candidatar à Prefeitura de Vitória, coisa que no PSL não seria possível. Isso porque com a mudança no comando regional do PSL passando para as mãos do Coronel Alexandre Quintino, o partido não daria legenda para o deputado se candidatar a prefeito este ano. O mesmo vale para os filiados colaboraram para a fundação do Aliança pelo Brasil. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.