ASSINE

Em Vitória, Onyx diz que eleição 2020 não afetará voto para presidente

Ministro da Cidadania minimizou derrota de bolsonaristas nas urnas neste ano ao afirmar que 2022, ano das eleições presidenciais, ainda está distante

Publicado em 16/11/2020 às 17h08
Atualizado em 16/11/2020 às 19h59
Onyx Lorenzoni fala à imprensa
Onyx Lorenzoni comenta o resultado das urnas . Crédito: Antonio Cruz/Agência Brasil

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, esteve nesta segunda-feira (16) em Vitória e minimizou a derrota dos candidatos apoiados pelo presidente Jair Bolsonaro nas eleições municipais. Segundo ele, o resultado das urnas no último domingo não deve impactar as eleições de 2022.

“As eleições municipais têm pouca relação com as de governador e presidente. Podemos pegar o pleito de 2016, por exemplo, onde o partido do chefe do Poder Executivo na ocasião não chegou a eleger 20 candidatos, de um total de mais de 5.500 prefeituras. Partidos com números incríveis não conseguiram ter bom desempenho nas urnas naquela ocasião”, afirma.

“É preciso ter calma e deixar a poeira baixar para fazer uma avaliação tranquila. A eleição de 2022 está muito distante e os resultados de hoje podem ser completamente diferentes daqui dois anos. Na minha avaliação, a decisão do presidente de não se envolver diretamente no pleito municipal foi correta. Temos muito trabalho a fazer pelo Brasil e 2022 é outra história”, destaca.

Apesar de falar que o mandatário brasileiro não se envolveu nas eleições municipais, vídeos publicados pelo presidente nas redes sociais funcionaram como espécie de horário eleitoral, com o Bolsonaro mostrando os candidatos que tinham seu apoio.

O ministro veio ao Estado para assinar o termo de adesão do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Ministério da Cidadania. A iniciativa tem o objetivo de promover o acesso à alimentação e incentivar a produção de alimentos dos agricultores rurais.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Jair Bolsonaro Eleições 2020 Ministério da Cidadania Onyx Lorenzoni

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.