ASSINE

Eleitor vai demorar, em média, 30 segundos para votar para prefeito e vereador

Estimativa é do TRE-ES, que acredita que seções eleitorais não devem ter muitas filas. Urnas foram testadas nesta semana e já estão nos cartórios eleitorais prontas para domingo (15)

Vitória
Publicado em 13/11/2020 às 16h09
Atualizado em 13/11/2020 às 23h40
Urna - confirma
A urna eletrônica: previsão é de que não haja filas para votar. Crédito: Carlos Alberto Silva

Cinco dígitos para vereador e confirma, depois mais dois dígitos para prefeito e confirma. O tempo médio de cada eleitor diante das urnas eletrônicas nas eleições de 2020 será mais rápido e deve durar, em média, 30 segundos, de acordo com a estimativa do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES). 

As filas, registradas em algumas seções em 2018, não devem se repetir em 2020. Isso porque na última eleição os eleitores votavam para seis cargos diferentes: deputado estadual, deputado federal, dois senadores, governador e presidente. Já no pleito deste ano, o foco são cargos municipais, em que as pessoas vão votar em um vereador e um prefeito.

Apesar dos cuidados para evitar a contaminação pelo coronavírus, a nova rotina não deve trazer atrasos na hora de votar. O secretário de Tecnologia da Informação do TRE-ES, Danilo Marchiori, acredita que, mesmo com a pandemia, mais eleitores vão comparecer às urnas neste ano. O número de eleitores aptos a votar em 2020 no Espírito Santo é de 2.810.132.

"A eleição municipal, por ser mais próxima das pessoas e da política local, costuma atrair mais eleitores. Por isso, o volume deve ser um pouco maior. Mas, como o número de cargos a serem escolhidos é menor, apenas vereador e prefeito, a votação deve ser mais rápida, sem formar filas", afirma.

TESTES  NAS URNAS JÁ FORAM REALIZADOS

Nas duas últimas semanas, as urnas eletrônicas passaram por testes no Estado. Na semana anterior elas foram preparadas para receber os votos, recebendo a carga de dados para cada seção. Nesta última semana, foi feita uma nova avaliação, para confirmar se estavam funcionando bem. No total, são 7.401 seções eleitorais no Espírito Santo, cada uma com uma urna eletrônica, além de 1.200 urnas reservas, prontas para substituírem equipamentos que derem problema na hora da votação.

VIU ALGUMA IRREGULARIDADE? DENUNCIE!

No dia da votação é proibida a distribuição de materiais gráficos, como santinhos e adesivos; assim como carreatas, passeatas e comícios. Também é vetado o pedido de votos nos locais de votação, a famosa “boca de urna”. Outra proibição é que candidatos ofereçam transporte ou comida gratuitamente para eleitores.

Aqueles que quiserem denunciar devem baixar o aplicativo Pardal, disponível nas principais lojas de aplicativos dos smartphones. O efetivo da Polícia Militar será reforçado também no domingo (15), com 5.469 policiais nas ruas e 1.088 viaturas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.