ASSINE

Vigilante reage a assalto em ponto de ônibus e mata suspeito na Serra

Pouco antes das 6h desta sexta-feira (12), o homem deixou a esposa em Jardim Limoeiro quando um jovem de moto tentou assaltar a mulher e outras duas mulheres no local. O vigilante reagiu, houve troca de tiros e o criminoso foi morto

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 12/03/2021 às 11h19
Atualizado em 12/03/2021 às 11h19
Ao lado do corpo de Pedro Henrique Rosa Vilela de Souza, haviam ao menos cinco aparelhos celulares
Ao lado do corpo de Pedro Henrique Rosa Vilela de Souza, haviam ao menos cinco aparelhos celulares. Crédito: Divulgação

Um assaltante foi morto a tiros por um vigilante na Avenida Norte Sul, nas proximidades do Parque da Cidade, no bairro Jardim Limoeiro, na Serra, na manhã desta sexta-feira (12). Segundo informações apuradas pela reportagem da TV Gazeta, por volta das 6 horas da manhã um homem deixou a esposa em um ponto de ônibus, sendo que no local estavam outras duas mulheres.

Ao fazer o retorno para voltar em direção ao bairro Laranjeiras, o vigilante percebeu que um jovem em uma moto se aproximou de onde estavam as mulheres e apontou uma arma na direção delas. Rapidamente ele voltou ao ponto de ônibus, sacou uma pistola e atirou contra o suspeito, que revidou. 

Na troca de tiros, o jovem identificado como Pedro Henrique Rosa Vilela de Souza, de 20 anos, que tentava assaltar as pessoas que estavam aguardando pela condução, acabou morrendo. O jovem é de Fundão e a moto usada na ação pertencia a ele, segundo informações repassadas por militares que foram ao local

A Polícia Militar confirmou a ocorrência, e disse, em nota, que foi acionada para atender uma ocorrência de homicídio por arma de fogo no bairro Jardim Limoeiro no final da madrugada desta sexta-feira (12). No local, havia um homem em óbito, uma motocicleta preta, uma pistola com duas munições intactas e um revólver com seis munições deflagradas.

"Outra pessoa foi atingida pelos disparos e foi socorrida pelo Samu ao Hospital Estadual de Urgência e Emergência. Na unidade, os militares entraram em contato com a vítima, que informou ser vigilante. Ele estaria no ponto de ônibus quando o suspeito chegou ao local, sacou a arma e anunciou um assalto. A vítima reagiu, também sacou a arma e houve um confronto entre os dois", complementou a assessoria da PM.

Ainda de acordo com a PM, "durante o atendimento da ocorrência, os militares identificaram que a placa da motocicleta estava alterada, mas não havia restrição de furto/roubo".

Ao lado do corpo de Pedro Henrique haviam pelo menos cinco aparelhos celulares, mas a Polícia Militar não informou se os telefones pertenciam às mulheres ou eram provenientes de outros roubos. Já o companheiro de uma das mulheres assaltadas se feriu na região das nádegas. A área onde ocorreu o crime foi isolada pela Polícia Militar e Polícia Civil para o trabalho da perícia. Já as mulheres não se feriram.

FICHA CRIMINAL

Apesar da pouca idade, Pedro Henrique Rosa Vilela de Souza já possui passagens pela polícia. No site do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) constam dois termos circunstanciados na Vara de Fundão, sendo um de 2019 e outro de 2020. Além disso, no ano passado, ele também foi preso por tráfico de drogas.

Serra
O jovem chegou em uma moto com placa de Fundão para assaltar as vítimas, mas acabou surpreendido com a reação do marido de uma delas. Crédito: DIvulgação

Na consulta realizada no site do Tribunal de Justiça,  em audiência de custódia, consta que desde o dia 24 de agosto de 2020, Pedro Henrique teve a prisão em flagrante foi convertida em liberdade provisória sem fiança e com tornozeleira eletrônica. 

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.