ASSINE

Vídeo mostra fuga "atrapalhada" de dupla que furtou apartamento em Itapuã

Imagens do circuito de videomonitoramento revelam que a ação criminosa - da chegada até a fuga - durou pouco mais de uma hora

Publicado em 07/10/2021 às 11h39

Câmera flagra dupla tentando sair de prédio após furtar apartamento em Itapuã

A reportagem de A Gazeta teve acesso, em primeira mão, às imagens que mostram a entrada e a fuga "atrapalhada" dos suspeitos de furtar dinheiro, joias, bolsas de grife, celular de um apartamento em um edifício no bairro Itapuã, em Vila Velha, no último sábado (2). Os vídeos foram cedidos pela Polícia Civil, que investiga o caso. 

Os registros do circuito de videomonitoramento do condomínio mostram os criminosos chegando à portaria às 9h58. Eles interfonam, conversam pelo aparelho e recebem autorização para entrar, quando o portão é aberto.

Pouco mais de uma hora, às 11h15, a dupla surge com uma mala na mão. Dessa vez, o portão não é aberto. Os bandidos então decidem pular a estrutura, que aparenta ser de vidro. Enquanto um deles fugia, o porteiro aparece e tenta impedir a saída.

Os três entram em luta corporal, mas os criminosos conseguem fugir sem levar a mala, contendo R€ 3 mil em euro, US$ 5 mil dólares, 51 notas de países diversos, R$ 21 mil, 245 peças de joias, um celular, uma mala, uma mochila, e seis bolsas de grife. 

Todo o dinheiro e os objetos furtados foram recuperados por uma pessoa que passava pelo local e devolvido à portaria do edifício. Logo após sair do prédio, um dos suspeitos, que se identificou como adolescente, foi apreendido.

O caso foi encaminhado para a Divisão Especializada de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP).

INVESTIGAÇÃO

O caso foi registrado na 2ª Delegacia Regional de Vila Velha. O chefe da unidade, delegado Marcelo Nolasco, explicou nesta quarta-feira (7) que alguns pontos ainda precisam ser explicados no curso da investigação. Um deles diz respeito ao adolescente.

Quando foi apreendido, ele não apresentou documento. No entanto, nesta semana, a polícia disse ter encontrado indícios de que, na verdade, o suspeito completou 18 anos em junho deste ano.

Em depoimento, ele contou que veio de São Paulo acompanhado do comparsa para cometer o crime em Vila Velha. O jovem revelou também que tiveram ajuda de uma pessoa para definir o alvo da ação criminosa que acabou sendo frustrada.

Marcelo Nolasco

Chefe da 2ª Delegacia Regional

"Ele fala que uma funcionária que trabalha no prédio é que deu uma dica, que teria esse apartamento, que teria dinheiro. Ele só falou que teve a participação de alguém interno, mas não especificou quem"
Edifício foi invadido e apartamento foi saqueado no último sábado (2), em Vila Velha
Edifício foi invadido e apartamento foi saqueado no último sábado (2), em Vila Velha. Crédito: Priciele Venturini

O CASO

Dois homens assaltaram um apartamento no bairro Itapuã, em Vila Velha, na manhã do último sábado (2).  O empresário, dono do apartamento, e a esposa não estavam no local no momento do crime, que aconteceu por volta das 10h (2).

Depois de furtarem dinheiro, joias e roupas de grife do apartamento, os suspeitos teriam tentado invadir outro imóvel, mas não contavam que o dono estava lá e perceberia a porta ser arrombada. Foi esse morador quem teria alertado o porteiro sobre o crime.

Na saída, o porteiro constatou que eles estavam com chave de fenda, tentou impedir a saída dos suspeitos e entrou em luta corporal com eles. O funcionário levou golpes de chave de fenda nas mãos e na costela, e conseguiu impedir a saída de um dos suspeitos, o outro fugiu. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.