ASSINE

Trio é preso suspeito de amarrar vítimas e roubar carro em Ibiraçu

Vitimas conheceram cinco criminosos em uma lanchonete e foram induzidas a beber. Um homem e duas jovens foram presos e outros dois suspeitos, incluindo uma mulher, são procurados

Tempo de leitura: 2min
Colatina
Publicado em 26/01/2022 às 17h16

Um homem de 27 anos e duas mulheres, de 19 e 21 anos, foram presos suspeitos de roubarem um carro na zona rural de Ibiraçu, no Norte do Estado. As duas vítimas foram amarradas e jogadas para fora do veículo – uma delas chegou a ser enforcada pelos criminosos. A prisão do trio ocorreu na tarde de terça-feira (25), no Centro de Baixo Guandu. Segundo a Polícia Civil, uma mulher e um homem que também teriam participado do crime ainda estão foragidos.

O crime aconteceu no dia 14 de janeiro. De acordo com a Polícia Civil, as vítimas contaram que foram de carro até uma lanchonete da cidade, onde conheceram os cinco suspeitos. Juntos, eles foram até a localidade de Aricanga, ainda em Ibiraçu, onde foram induzidos a beber. 

Uma das vítimas, um homem de 31 anos, fingiu estar bebendo e decidiu ir para outro local para esperar o amigo, que continuou com os criminosos consumindo bebida alcoólica. No entanto, os suspeitos foram até ele alegando que precisavam de ajuda para colocar o amigo dele, que estava embriagado, no carro. Quando a vítima voltou para o local, encontrou o amigo amarrado com as mãos para trás, sendo enforcado por dois homens.

Este vídeo pode te interessar

O homem de 31 anos também foi amarrado e colocado junto com o amigo no banco de trás do veículo. Os dois foram jogados para fora do carro e abandonados na zona rural do município.

Carro roubado foi localizado em Ipatinga, Minas Gerais, no dia 20 de janeiro.
Carro roubado foi localizado em Ipatinga, Minas Gerais, no dia 20 de janeiro. Crédito: Polícia Civil

O crime é investigado pela Delegacia de Polícia de Ibiraçu. Após a troca de informações com a Polícia Militar de Minas Gerais, a equipe localizou o veículo roubado em Ipatinga, no Estado mineiro, no dia 20 de janeiro. As investigações continuaram até checar à localização dos suspeitos.

“Fomos até uma residência em Baixo Guandu e localizamos a suspeita de 19 anos e a mulher de 21 anos. Elas foram encaminhadas à delegacia, onde prestaram depoimento e confessaram a autoria do crime. Foram solicitados os mandados de prisão contra os suspeitos, que foram deferidos pela justiça, sendo as duas presas”, contou o titular da Delegacia de Polícia de Ibiraçu, delegado Leandro Sperandio.

Com as informações, os policiais encontraram outro suspeito de 27 anos, que também estava em Baixo Guandu. Os três suspeitos foram encaminhados ao Sistema Prisional. Duas pessoas ainda estão foragidas e as investigações sobre o caso continuam, segundo a Polícia Civil.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.