ASSINE

Suspeito de envolvimento na morte de morador de rua é preso em Vitória

Um jovem de 19 anos, foi preso em casa na região de Santo Antônio. Ele é apontado como participante no homicídio de Édson Bueno Vieira Junior, ocorrida em julho; outro suspeito do crime já estava detido por outro crime

Vitória
Publicado em 23/11/2020 às 12h35
Atualizado em 23/11/2020 às 18h13
Polícia
Édson Bueno Vieira Junior foi espancado e morto no bairro Santo Antônio no último mês de julho. Crédito: Divulgação/Polícia Civil

Uma operação policial realizada na manhã desta segunda-feira (23), pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Vitória, na região de Santo Antônio, resultou na prisão de um homem de 19 anos, apontado nas investigações como um dos participantes do assassinato do morador de rua identificado como Édson Bueno Vieira Junior, ocorrido no dia 19 de julho deste ano. A vítima, segundo a polícia, era natural de Vila Velha.

De acordo com a delegada Larissa Lacerda, o rapaz foi morto porque estava cometendo pequenos assaltos na região, o que estava incomodando os criminosos que atuam no bairro devido à presença constante da polícia.

"A motivação do crime está ligada ao fato desse morador de rua ser suspeito de cometer pequenos delitos na região para manter o vício dele em drogas. Então os criminosos da região o sentenciaram de morte. A princípio, as investigações apontam que ele cometia os roubos em via pública, especialmente mulheres. Ele furtava celulares e outros pertences. Primeiro ele foi espancado e depois alvejado por disparos de arma de fogo", detalhou a delegada adjunta da DHPP da capital.

Ainda segundo as investigações, o jovem de 19 anos, detido nesta segunda-feira, não ofereceu resistência.

"Um deles foi preso em casa, em uma ação de busca e apreensão feita por uma equipe nossa. Ele não ofereceu resistências aos policiais, colaborou na abordagem e inclusive assumiu ter participado do crime", complementou Larissa Lacerda.

PRESO ENVOLVIDO

Além do homem de 19 anos, a polícia cumpriu outro mandado de busca e apreensão, porém o suspeito já se encontrava preso por participação no crime de sequestro ocorrido após a chacina da ilha Doutor Américo, na região de Santo Antônio, também em Vitória, segundo apuração do repórter André Falcão, da TV Gazeta. Os dois têm participação tanto no espancamento como nos disparos efetuados contra Édson Bueno Vieira Junior.

Mesmo com a prisão de dois dos envolvidos, a polícia prosseguirá com as investigações, visto que, segundo a delegada, outras pessoas podem ter participado do homicídio.

Correção

21 de Novembro de 2020 às 18:20

Em versão anterior, a reportagem indicava que o segundo suspeito, que já estava preso, estava no sistema prisional por envolvimento nos assassinatos na Ilha Doutor Américo. No entanto, o correto é que o suspeito é investigado pelo crime de sequestro ocorrido após a chacina da ilha. A informação foi corrigida. 

Dhpp Polícia Civil homicídio Bairro Santo Antônio

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.