ASSINE

Polícia faz operação para prender procurados por tráfico e homicídios no ES

Além das prisões, ação – que começou no Morro da Garrafa, em Vitória – tem o objetivo de cumprir 50 mandados de busca e apreensão contra uma organização criminosa

Tempo de leitura: 2min
Vitória
Publicado em 05/08/2022 às 06h33

A Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), deflagrou a terceira edição da Operação Sicário na manhã desta sexta-feira (5), no Morro da Garrafa, região da Praia do Suá, em Vitória. O objetivo da ação é cumprir 21 mandados de prisão e 50 de busca e apreensão contra uma organização criminosa que atua na localidade.

Por volta das 12h, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) divulgou um balanço contabilizando nove pessoas com mandados de prisão em aberto detidas, além de dinheiro e drogas apreendidos. A quantia das apreensões ainda não foi informada pela pasta. 

A operação se deu apos o trabalho de investigação que identificou diversos indivíduos ligados ao tráfico de drogas e homicídios. Mandados também foram cumpridos em Vila Velha, Serra e Cariacica.

"É um trabalho de inteligência profundo, para identificar lideranças dessas organizações criminosas. O foco é a prisão de traficantes, homicidas e a apreensão de armas e drogas", afirmou o secretário de Segurança Márcio Celante Weolffel à reportagem da TV Gazeta.

TIROTEIOS EM VITÓRIA NAS ÚLTIMAS SEMANAS 

Márcio Celante afirmou que a operação desta sexta-feira (5) também teve o objetivo de identificar possíveis envolvidos e até liderança relacionados aos ataques e trocas de tiros ocorridas na Grande Vitória na última semana.

"A operação de hoje visa, sim, a prisão desses traficantes, dessas pessoas inconsequentes que postam nas redes sociais ostentando armas, tentando levar o terror para essas comunidades", concluiu. 

Secretário de Segurança Márcio Celante Weolffel em entrevista à TV Gazeta. Crédito: Reprodução TV Gazeta 
Secretário de Segurança Márcio Celante Weolffel em entrevista à TV Gazeta. Crédito: Reprodução TV Gazeta 

SUSPEITO PULOU MURO E QUEBROU PÉ NA FUGA

Durante a ação, um homem apontado como um dos principais gerentes do tráfico de drogas do Morro da Garrafa, conhecido como Gordinho Robert, pulou do muro de uma casa onde se escondia para tentar fugir e acabou machucando as pernas. "Tomei um susto, um monte de polícia na minha casa", declarou à TV Gazeta.

A ação foi realizada em conjunto com outras unidades da Polícia Civil e tem apoio do Notaer, da Gerência de Inteligência da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) e da Diretoria de Operações Táticas (DOT) da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). Ao todo, cerca de 130 agentes de segurança participam da operação.

OPERAÇÃO SICÁRIO

Em sua primeira fase, em novembro de 2021, as investigações da Operação Sicário focaram no grupo criminoso que emergiu em 2010 no Bairro da Penha, Vitória, e resultaram na prisão de 24 suspeitos. A segunda fase foi encerrada em março de 2022, resultando na prisão de 35 indivíduos que fazem parte de outra organização criminosa, originária da região de Itararé, em Vitória.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.