ASSINE

Presos suspeitos de envolvimento em assaltos com submetralhadora em Colatina

O detido na tarde desta quinta (4) foi identificado como sendo o homem que aparece em imagens gravadas nos estabelecimentos roubados; três já haviam sido presos

Tempo de leitura: 3min
Colatina
Publicado em 04/08/2022 às 20h16
Bandido rende funcionária e assalta supermercado em Colatina
O criminoso rendeu a funcionária e assaltou um supermercado de Colatina. Crédito: Redes sociais

Quatro suspeitos de envolvimento em assaltos com uma submetralhadora de fabricação caseira em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, foram presos nesta semana. Segundo a Polícia Civil, os suspeitos fazem parte de uma quadrilha. O quarto indivíduo, de 36 anos, foi preso na tarde desta quinta-feira (4), em uma residência no bairro Vicente Soella.

O delegado Leonardo Ávila, responsável pela investigação, que suspeito foi identificado como o homem que aparece em imagens gravadas pela câmera de segurança dos estabelecimentos roubados. Com ele, foi localizada a submetralhadora utilizada nos crimes. A identidade dos suspeitos não foi divulgada.

“A Polícia Civil não tem dúvida [da participação do suspeito no crime] pelas características, pelas roupas que os policiais militares encontraram com ele, pelas características da arma de fogo. É uma submetralhadora de alto poder de fogo, que pode funcionar no sistema de rajada. Foi uma ação importante tirar essa arma de circulação”, afirmou o delegado para o repórter Cristian Miranda da TV Gazeta Noroeste

Com a submetralhadora caseira em mãos, o homem assaltou um supermercado no bairro Carlos Germano Naumann, em Colatina, na noite da última sexta-feira (29). Toda a ação foi registrada por uma câmera. A funcionária que foi abordada pelo suspeito contou à Polícia Militar que ele chegou exibindo a arma de fogo e dizendo que queria todo o dinheiro do caixa. Ao todo, foram roubados mais de R$ 1 mil. Veja o vídeo:

Também nesta sexta-feira (29), o criminoso rendeu funcionários de um posto de gasolina, que fica no Centro, e roubou quase R$ 400 e um telefone celular. Após a ação, o suspeito fugiu.

“A Polícia Militar, após essa onda de crimes da cidade, com as informações dos boletins de ocorrência, imagens de câmeras de vídeo monitoramento, nós mantivemos atentos às denúncias até localizar e prender esses suspeitos, principalmente hoje, com a prisão do principal suspeito”, afirma o subtenente Valnei Pereira Silva, da Polícia Militar.

O subtenente informou que havia um mandado de prisão contra o suspeito. A PM recebeu informações de que o homem estaria escondido em uma casa abandonada. Ao chegarem ao local, os militares conseguiram localizar o homem dormindo ao lado da submetralhadora.

O suspeito preso nesta tarde foi encaminhado à 15ª Delegacia Regional de Colatina, onde foi autuado pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e roubo. Após os procedimentos ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina.

Segundo o delegado, mais pessoas ainda podem ser presas por envolvimento nos assaltos. ”Os quatro faziam parte de uma organização criminosa e foram presos por cumprimento de mandado ou prisão em flagrante pelos crimes. Mas seguimos nas investigações, e assim que forem identificados novos elementos, novas prisões podem acontecer”, afirmou.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.