ASSINE

PM usa bomba de efeito moral para dispersar aglomeração na Rua da Lama

Os bares da região fecharam às 22h, cumprindo as regras estabelecidas pelo mapa de risco da Covid-19, mas torcedores foram às ruas após a partida

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 26/02/2021 às 11h38
Atualizado em 26/02/2021 às 11h39
MPES notifica prefeitura para que proíba evento na Rua da Lama em Vitória
Torcedores aglomeraram na Rua da Lama, em Vitória. Crédito: Fernando Madeira

Polícia Militar usou uma bomba de efeito moral para dispersar uma aglomeração na Rua da Lama, em Vitória, após a última rodada do Brasileirão, que consagrou o Flamengo como campeão.

Segundo a PM, na noite desta quinta-feira (25) os bares da região fecharam às 22h, cumprindo as regras estabelecidas pelo mapa de risco da Covid-19, que é feito pelo Governo do Estado. Torcedores, no entanto, insistiram em aglomerar no local.

Por volta da meia-noite, os militares, de acordo com a PM, saíram da rua para atender uma ocorrência. Os policiais voltaram na região uma hora depois e, no local, havia uma aglomeração de pessoas que estavam desrespeitando os decretos municipais e estaduais e bloqueando a via.

Segundo a PM, os militares tentaram conversar com os participantes, fizeram sinais sonoros e luminosos para que as pessoas dispersassem e desobstruissem a via, mas a ordem não foi respeitada e os policiais precisaram usar a bomba de efeito moral para dispersar o público.

SUSPEITO DE ROUBO

Essa não foi a única ocorrência registrada no local. Posteriormente, os militares receberam informações sobre um roubo na rua e conseguiram prender um suspeito que foi agredido por populares. Ele estava com uma arma que foi usada para ameaçar uma vítima, segundo testemunhas. O suspeito foi encaminhado para o Pronto-Atendimento da Praia do Suá e, posteriormente, para a 1ª Delegacia Regional de Vitória.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.