ASSINE

Festa Rubro-Negra! Flamengo é octacampeão brasileiro

Rubro-Negro não venceu o São Paulo, mas se beneficiou do empate entre Internacional e Corinthians para terminar a competição no topo da tabela

Publicado em 25/02/2021 às 23h36
Atualizado em 25/02/2021 às 23h50
Bruno Henrique - Flamengo
Bruno Henrique marcou o gol do Flamengo no Morumbi. Crédito: Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo é octacampeão brasileiro. Na noite desta quinta-feira (25), o Rubro-Negro perdeu para o São Paulo por 2 a 1, mas dessa vez isso pouco importou. Como o Internacional não conseguiu vencer o Corinthians, o título ficou com o time carioca. Festa rubro-negra em pleno Morumbi.

Luciano e Pablo marcaram os gols do São Paulo, e Bruno Henrique anotou para o Flamengo. O Rubro-Negro termina o Brasileirão com 71 pontos. Segundo colocado, o Inter chegou a 70 pontos.  O Fla conquista o principal campeonato do país pelo segundo ano consecutivo e esse elenco comandado por Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol vai consolidando esse time na história.

O JOGO

A partida começou com o Flamengo dominando as ações. O time comandado por Rogerio Ceni encaixou seu ritmo de jogo e passou a manter a posse de bola, mas sem tanta efetividade. O trio formado por Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol foi o responsável pelas principais investidas ofensivas, mas nada que oferecesse perigo à meta do goleiro Tiago Volpi. 

O São Paulo ficou recuado na maior parte do tempo, mas foi certeiro quando foi ao ataque. Já no fim do primeiro tempo, Daniel Alves levantou bola na área. A defesa rubro-negra afastou, mas Everton Ribeiro fez dura falta em Tchê Tchê na entrada da área. Luciano bateu com força para abrir o placar para o Tricolor. 

No início do segundo tempo, o Flamengo pressionou o São Paulo desde que a bola rolou. E deu certo. Aos cinco minutos, Arrascaeta cobrou escanteio, Gustavo Henrique escorou e Bruno Henrique cabeceou para empatar o jogo em 1 a 1. Mas o Tricolor não demorou em retomar a dianteira do placar.  Aos 13 minutos, o goleiro rubro-negro saiu jogando errado, Daniel Alves ficou com a bola e colocou Pablo na cara do gol para estufar as redes e fazer 2  a 1 para o São Paulo. 

Após o balde de água fria, o Flamengo voltou a pressionar, mas não conseguiu nem chegar ao empate. Mas lá em Porto Alegre também deu tudo certo para o Rubro-Negro, já que o Corinthians segurou a pressão do Inter.  Tudo que o Fla precisava. Festa do time de Rogerio Ceni.

Futebol Brasileirão flamengo flamengo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.