Mulher grávida morre após ser atropelada em Vila Velha

Mirlene Ferreira dos Santos, de 43 anos, voltava da praia com uma amiga quando foi atingida por um carro. Segundo a polícia, a motorista que conduzia o veículo não tinha carteira de habilitação

Publicado em 27/04/2020 às 07h43
Atualizado em 27/04/2020 às 11h29
O acidente que matou Mirlene Ferreira dos Santos aconteceu no bairro Balneário Ponta da Fruta, em Vila Velha, no fim da tarde deste domingo (26)
O acidente que matou Mirlene Ferreira dos Santos aconteceu no bairro Balneário Ponta da Fruta, em Vila Velha, no fim da tarde deste domingo (26). Crédito: Reprodução / TV Gazeta

Uma mulher grávida de dois meses morreu após ser atropelada no bairro Ponta da Fruta, em Vila Velha, no fim da tarde deste domingo (26). Mirlene Ferreira dos Santos, de 43 anos, estava voltando da praia com uma amiga quando foi atingida por um carro. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Segundo a polícia, a motorista que conduzia o veículo não tinha carteira de habilitação.

O acidente aconteceu na Rua do Marmelo, no bairro Balneário Ponta da Fruta, por volta das 17h30, deste domingo (26). Segundo testemunhas, a motorista do carro alegou que desviou de cachorros e ainda disse que o sol estava atrapalhando a visão dela. Na colisão, Mirlene foi atingida e imprensada junto a uma caçamba que estava na rua.

A dona de casa Edilaine de Jesus, amiga e que acompanhava Mirlene na hora da colisão, conta como o acidente aconteceu.

“Quando a gente estava chegando, o carro veio e jogou ela longe. Ela estava no canto, a mulher veio falando que nem uma louca. Estava em alta velocidade. Como que a pessoa vê um cachorro, se o sol está batendo na sua cara, e você não vê um ser humano? Não tem nem como isso. Não tem lógica”, disse em entrevista à TV Gazeta.

A motorista que atropelou a mulher grávida é comerciante na região. Ela foi levada para a Delegacia Regional de Vila Velha, porque, segundo a Polícia Militar, não tem carteira de habilitação. Ainda segundo a PM, a mulher fez o teste do bafômetro que mostrou que ela não bebeu antes de dirigir.

Pedro Henrique dos Santos da Silva, filho de Mirlene, pede melhorias nas condições das ruas do bairro Ponta da Fruta
Pedro Henrique dos Santos da Silva, filho de Mirlene, pede melhorias nas condições das ruas do bairro Ponta da Fruta. Crédito: Reprodução / TV Gazeta

O filho de Mirlene, Pedro Henrique dos Santos da Silva, estava revoltado em perder a mãe e pede melhorias nas condições das ruas do bairro Ponta da Fruta. “Tem que ser feito um monte de coisas. Asfaltar, colocar quebra-mola. Porque do jeito que está aqui, não tem condição. Se continuar assim, cada vez mais vai morrer gente", reclamou.

A rua onde o acidente aconteceu é uma das principais do bairro Ponta da Fruta. Ela não é pavimentada. Moradores reclamam que os motoristas passam no local em alta velocidade e que faltam itens de segurança para os pedestres na região, como destaca a líder comunitária Evelyn Neto. "Segundo a legislação, não é possível instalar um quebra-molas no local numa via que não é pavimentada. Eu acho isso uma grande incoerência, porque é preciso morrer mais quantas pessoas aqui nesse lugar para que eles tomem alguma providência?", questionou.

O corpo de Mirlene Ferreira dos Santos foi levado para o Departamento Médico Legal de Vitória. 

Por nota, a Polícia Militar informou que "na tarde desse domingo (26), um veículo atropelou uma mulher na Ponta da Fruta, em Vila Velha. A vítima morreu na hora e a condutora do veículo de passeio realizou o teste do etilômetro que deu negativo para ingestão de bebida alcoólica. Ela não tinha carteira de habilitação e foi conduzida para Delegacia Regional de Vila Velha".

Já a Policia Civil, também por nota, informou que "a conduzida, de 51 anos, foi encaminhada para a Delegacia Regional de Vila Velha, onde foi ouvida e liberada conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro, uma vez que ela permaneceu no local do acidente e prestou socorro à vítima. O caso seguirá sob investigação na Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito".

Com informações de Fábio Linhares, da TV Gazeta.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.