ASSINE

Homem é preso 10 anos após engravidar sobrinha em Linhares

Crime foi cometido no ano de 2011, quando a vítima ainda completaria 14 anos, e homem foi condenado a oito anos de prisão. Ele foi preso em cumprimento de mandado, nesta terça (24)

Colatina / Rede Gazeta
Publicado em 25/08/2021 às 19h47
16ª Delegacia Regional de Linhares
16ª Delegacia Regional de Linhares, para onde o condenado foi levado após cumprimento de mandado de prisão. Crédito: Eduardo Dias

Um homem de 33 foi preso nesta terça-feira (25) em Linhares, no Norte do Espírito Santo, por abusar sexualmente e engravidar a própria sobrinha. O crime foi cometido no ano de 2011, quando a vítima ainda completaria 14 anos, e ele é condenado a oito anos de prisão.

Segundo a Polícia Civil, a prisão foi realizada em cumprimento de mandado em aberto. Em depoimento, o homem relatou que ele e a sobrinha mantinham um relacionamento amoroso consensual e a menina acabou engravidando. A polícia informou que ninguém da família sabia do relacionamento entre ele e a vítima.

Durante interrogatório, o homem preso afirmou ainda que não tinha conhecimento de que é crime se relacionar sexualmente com pessoas com menos de 14 anos. “As pessoas precisam entender que é crime se relacionar sexualmente com pessoas que ainda não completaram 14 anos, meninos ou meninas. É crime com pena de oito a 15 anos de prisão”, explicou o delegado Fabrício Lucindo.

A polícia informou que a menina prosseguiu com a gestação e deu à luz uma criança, que está com nove anos atualmente, e  o homem preso já havia constituído nova família.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi transferido para o Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha. O nome dele não foi divulgado para preservar a identidade da vítima, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A Gazeta integra o

Saiba mais
Linhares Polícia Civil Violência contra a mulher Violência contra a mulher Abuso sexual crime Estupro Estupro de vulnerável ES Norte

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.