ASSINE

Família de motorista que morreu carbonizado no ES terá de esperar para sepultar corpo

O acidente aconteceu no km 339 da BR 101, em Guarapari, na madrugada de domingo (24). O jovem Dherman Herspt morreu no local. Por causa da carbonização, exame de DNA precisará ser feito

Publicado em 25/10/2021 às 11h02
Dherman Herpst, de 24 anos, morreu carbonizado em acidente que aconteceu em Guarapari na madrugada deste domingo (24)
Dherman Herpst, de 24 anos, morreu em acidente em Guarapari, no domingo (24). Crédito: Arquivo Pessoal

A família do empresário Dherman Herpst, de 24 anos, que  morreu carbonizado após se envolver em um acidente no bairro Jabuti, em Guarapari, por volta de 0h50 de domingo (24), vive um drama.

Os familiares do jovem devem aguardar entre 30 a 60 dias para sepultar o motorista do Corolla que bateu em uma carreta quando teria tentado ultrapassar um caminhão no quilômetro 339 da BR 101

O irmão de Dherman, o autônomo Walter Vieira da Silva, de 30 anos, explicou que o pai dele foi informado no Departamento Médico Legal (DML), em Vitória, no domingo (24), que teria de esperar o resultado do exame de DNA do motorista.

Walter Vieira da Silva

Irmão da vítima

"É uma situação complicada, porque é mais doloroso. É doloroso por você não ter o corpo. Ter de esperar os 30 dias, é mais sofrido "

Segundo Walter, no momento do acidente, o irmão estaria indo para uma festa de aniversário, sentido Iconha, região Sul do Estado. O autônomo não soube informar o local do evento.

A vítima trabalhava com entrega de produtos de hortas, pomares e granjas. "Somos em seis irmãos. O Dherman era diferenciado. Era um rapaz bom, trabalhador, corria atrás dos seus objetivos", lamenta.

Acidente com duas carretas e um carro de passeio no KM 339 na BR 101, em Guarapari

O ACIDENTE

Em nota, o Corpo de Bombeiros informou que foi acionado para atender a uma ocorrência de colisão entre veículos, seguida de incêndio, por volta de 1h da madrugada na BR 101.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) Dherman morreu ao tentar realizar uma ultrapassagem de um veículo em uma curva e bater de frente em uma carreta. 

"Os três automóveis pegaram fogo. O motorista do Corolla morreu no local, carbonizado. Os outros dois condutores dos caminhões foram socorridos a unidades de saúde de Cachoeiro de Itapemirim e para a UPA de Guarapari. O Corpo de Bombeiros extinguiu as chamas e realizou a limpeza de pista", informou o órgão.

Dherman Herpst, de 24 anos, morreu carbonizado em acidente que aconteceu em Guarapari na madrugada deste domingo (24)
Bombeiros foram acionados para apagar chamas em veículo após acidente. Crédito: Instagram @danilocunha93 / Arquivo Pessoal

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.