ASSINE

Caminhoneira é morta a facadas e arremessada em obra abandonada na Serra

Loidis Ewaldi Gomes, de 38 anos, foi assassinada na madrugada desta segunda-feira (25). Família afirmou que ela dirigia caminhões, mas estava desempregada há cerca de um ano.  Polícia Civil investiga o homicídio

Vitória
Publicado em 25/10/2021 às 12h45
Loidis Ewald Gomes, de 38 anos, foi morta a facadas e arremessada a 10 metros de altura na Serra
Loidis Ewald Gomes, de 38 anos, foi morta a facadas e arremessada a 10 metros de altura na Serra. Crédito: Arquivo Pessoal

Uma mulher foi morta a facadas e arremessada de uma altura de dez metros em um beco do bairro Taquara II, na Serra, na madrugada desta segunda-feira (25). Loidis Ewald Gomes, de 38 anos, ainda caiu sobre um vergalhão de uma obra abandonada, que atravessou o corpo dela. A Polícia Civil investiga a motivação do crime.

Loidis trabalhava como motorista de carreta, mas, segundo a família dela, estava desempregada há cerca de um ano. Ela teria perdido o emprego durante a pandemia da Covid-19 e, por conta da dificuldade de encontrar uma nova ocupação, passou a beber e usar drogas, de acordo com o cunhado dela, Alex Viana. Loidis, porém, foi descrita como uma pessoa tranquila.

"Tudo o que tinha que fazer na rua era ela que resolvia. Durante o dia, era mais caseira, dormia, fazia o tratamento dela, tomava a medicação. Agora, o que ocasionou isso, eu não sei”, disse o familiar.

Loidis Ewald Gomes, de 38 anos, foi morta a facadas e arremessada a 10 metros de altura na Serra
Loidis trabalhava como motorista de carretas, mas perdeu o emprego há cerca de 1 ano. Crédito: Arquivo Pessoal

A perícia da Polícia Civil apontou que Loidis foi morta entre as 0h e 2h desta segunda-feira. Moradores da região disseram à polícia que não escutaram nada. A motivação para o crime ainda está sendo investigada. Alex disse que a mãe e a avó de Loidis estão destruídas.

"A mãe é cadeirante, a avó é uma idosa de 83 anos, elas estão destruídas. A gente ficou sabendo agora de manhã. Parece que ela saiu ontem (24) a noite e não voltou”, completou.

Com informações de Daniela Carla, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.