ASSINE

Cinco pessoas são baleadas em ataque de criminosos em Vila Velha

Testemunhas afirmaram que criminosos passaram atirando de dentro de um carro, no meio da rua; vítimas foram socorridas e levadas a um hospital em Vila Velha

Publicado em 25/10/2021 às 09h58
 Hospital Antônio Bezerra de Faria em Vila Velha
Vítimas foram levadas ao Hospital Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha. Crédito: Isaac Ribeiro

Cinco pessoas foram baleadas no final da tarde deste domingo (24), no bairro Ilha dos Ayres, em Vila Velha. De acordo com testemunhas, os feridos foram atingidas por tiros dados por criminosos que estavam dentro de um carro e passaram atirando no meio da rua. Segundo a Polícia Militar, as vítimas tinham ferimentos de tiros nos pés e nas panturrilhas.

Os feridos foram socorridos e levados para o Hospital Estadual Antônio Bezerra de Faria, também em Vila Velha. A Polícia Militar informou que, no local, encontrou uma das vítimas, com um ferimento no pé direito. Em seguida, a equipe foi informada de que mais quatro pessoas deram entrada no hospital, todas com ferimentos de arma de fogo nos pés ou nas panturrilhas.

O irmão de uma das vítimas, que preferiu não se identificar, contou que os moradores da região não sabem qual foi a motivação do ataque. Ele disse ainda que fica assustado com os índices de violência na região.

Este vídeo pode te interessar

"O que nós sabemos é que ele estava andando na rua com fones de ouvido quando passou um carro atirando a esmo nas pessoas, principalmente para dentro de um bar. A gente fica muito assustado com essa violência que está acontecendo não só em Ilha dos Ayres, mas no geral", disse.

Polícia Civil comunicou que o caso será investigado pela Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha. Até o momento, conforme a corporação, nenhum suspeito foi detido. A PC destacou ainda que a população pode ajudar com informações através do Disque-Denúncia pelo 181 ou pelo site do serviço. A identificação não é necessária.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.