Acidente com lancha em Vitória: fotos mostram bebida e polícia vai investigar

Pessoas que estiveram na lancha afirmam que o piloto, o empresário José Silvino Pinafo, não ingeriu nenhuma bebida alcoólica. Advogado tenta saber se o teste de alcoolemia foi realizado pelo hospital

Publicado em 28/07/2020 às 19h33
Atualizado em 28/07/2020 às 19h47
Imagens obtidas pela TV Gazeta mostram bebidas alcoólicas no interior da lancha
Imagens obtidas pela TV Gazeta mostram bebidas alcoólicas no interior da lancha. Crédito: TV Gazeta

Imagens obtidas pela TV Gazeta mostram garrafas de bebidas dentro da lancha que bateu em um píer na Baía de Vitória no último sábado (25). De acordo com pessoas que estiveram na embarcação, o piloto, o empresário José Silvino Pinafo, não teria ingerido nenhuma bebida alcoólica. A Polícia Civil anunciou que vai investigar o acidente.

A noiva do empresário, Bruna Zocca, morreu no acidente. José Silvino teve 11 costelas quebradas, além de sofrer perfurações nos pulmões. Ele teve alta do Hospital de Urgência e Emergência na segunda-feira (27) e, segundo a TV Gazeta, o advogado dele tenta saber se foi realizado o exame de alcoolemia no local, que confirmaria se houve ou não a ingestão de bebida alcoólica.

Imagens obtidas pela TV Gazeta mostram bebidas alcoólicas no interior da lancha
Imagens obtidas pela TV Gazeta mostram bebidas alcoólicas no interior da lancha. Crédito: TV Gazeta

A Capitania dos Portos já havia aberto um inquérito para apurar a responsabilidade do acidente, mas, agora, a Polícia Civil também conduzirá suas investigações. Nenhum dos órgãos, porém, confirma se o piloto fez o teste de alcoolemia.

Informações obtidas pela TV Gazeta apontam que a investigação da polícia será conduzida pela delegacia do bairro Santo Antônio, em Vitória, que atende pela região onde a lancha bateu. A Capitania dos Portos não deu detalhes da investigação e apenas informou que é proibido navegar à beira do porto, no local onde ocorreu o acidente.

Imagens obtidas pela TV Gazeta mostram bebidas alcoólicas no interior da lancha
Imagens obtidas pela TV Gazeta mostram bebidas alcoólicas no interior da lancha. Crédito: TV Gazeta

SOBRE O ACIDENTE

A colisão aconteceu por volta das 18h10 do último sábado (25), quando a embarcação estava próxima da Ponte Florentino Avidos, na altura da Ilha do Príncipe. Pilotada pelo empresário e proprietário José Silvino Pinafo, ela bateu em um píer de uma empresa, usada para atracação no Porto de Vitória. Com a força do impacto, três pessoas ficaram gravemente feridas e foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros, incluindo o empresário. Todos já tiveram alta do hospital. Noiva do empresário, a estudante Bruna França Zocca, de apenas 25 anos, acabou morrendo ainda no local do acidente.

A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 1° Distrito Naval, informou que a Capitania dos Portos do Espírito Santo (CPES) tomou conhecimento do acidente envolvendo uma lancha de esporte e recreio e que uma equipe de militares da CPES foi até o local para prestar apoio e verificar o ocorrido.

"A Marinha lamenta o ocorrido e se solidariza com as famílias das vítimas, ressaltando que as causas e responsabilidades do acidente, sob o ponto de vista da Autoridade Marítima, serão apuradas por meio de Inquérito Administrativo específico", afirmou.

A Polícia Civil informou que o corpo de Bruna Zocca foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser liberado pelos familiares, e para ser feito o exame cadavérico, que vai apontar a causa da morte.

Já a Polícia Militar comunicou que, como ocorrências no mar não são registradas pela PM, uma guarnição prosseguiu ao local apenas em apoio às equipes de resgate, devido à aglomeração de pessoas.

Bombeiros Polícia Civil Vitória (ES) acidente Baía de Vitória Capitania dos Portos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.