ASSINE
Jônice Tristão
Jônice Tristão
1930
2021

ES perde o empresário Jônice Tristão, um dos maiores nomes da exportação de café

Empresário faleceu de causas naturais, aos 90 anos

Vitória
Publicado em 09/01/2021 às 10h42
Atualizado em 09/01/2021 às 13h19

O Espírito Santo perdeu, na manhã deste sábado (09), um dos maiores nomes no ramo de exportação de café do país. O empresário Jônice Tristão, 90 anos, morreu em casa, por volta das 6 horas, de causas naturais. Os locais do enterro e do velório não foram divulgados pela família para evitar aglomerações.

Formado em Direito, Jônice era presidente do Conselho de Administração das Empresas Tristão, conglomerado que atua há 85 anos nas áreas de comercialização, armazenagem, industrialização e exportação de café. 

O empresário também é o responsável pela fundação, em 1971,  da Realcafé Solúvel do Brasil e  do Café Cafuso, que  atualmente estão sob o comando de um dos seus filhos, Sérgio Giestas Tristão. 

Além de Sérgio, Jônice era pai de Patrícia, Ronaldo e Ricardo, já falecido. Os filhos são fruto de um casamento de 66 anos com Ilza Tristão. Ele deixa ainda 12 netos e uma bisneta. 

"Como empresário, meu pai deixou um legado na economia capixaba. Mas, para nossa família, perdemos um pai amoroso, marido e um avô espetacular", descreveu, muito emocionado, o filho Ronaldo Tristão.

HOMENAGEM

Em fevereiro de 2020, Jônice comemorou com a família e mais 300 convidados a chegada dos 90 anos. "A alma não envelhece. Pena que o corpo não acompanha. Mas mesmo sem o mesmo vigor físico da juventude, eu tenho asas na mente", disse o empresário durante a celebração. Na ocasião, um vídeo foi produzido para homenagear a vitalidade e o legado de Jônice Tristão. Veja abaixo: 

TRAJETÓRIA

A representatividade de Jônice no Espírito  Santo é materializada no sucesso do Grupo Tristão. O início dessa trajetória se deu em 1935, quando o pai de Jônice, José Ribeiro Tristão,  abriu a Casa Misael, em Afonso Cláudio. A lojinha simples vendia de arroz a bomba de gasolina. 

José viu no café a moeda de troca de produtos e o filho, Jônice, vislumbrou a exportação como forma de ampliar o negócio, ainda em 1960. Foi quando fundou a Tristão Companhia de Comércio Exterior e a Triscafé de Armazéns Gerais. 

O negócio cresceu de tal forma que, em 1978, o empresário criava a Tristão United Kingdom, com sede em Londres. Três anos depois, a Tristão Tranding Inc, em Nova York. Foi o maior exportador brasileiro de café pelos 10 anos seguintes.  

Em entrevista para A Gazeta em 2015, Jônice disse que tudo que alcançou foi a partir de metas. "Eu nunca sonhei em ser grande, sempre sonhei por passos. Queria abrir a exportação e, no primeiro ano, ficamos entre os 12 melhores colocados em Vitória. Coloquei uma meta: 'no ano seguinte quero ficar entre os cinco'", lembrou, na ocasião.

 Jônice Tristão
Jônice Tristão, em foto de 2015, nas comemorações dos 80 anos do Grupo Tristão. Crédito: Marcelo Prest/Arquivo A Gazeta

TURISMO

O olhar para oportunidades de Jônice sempre foi aguçado, tanto que, em 1985, inaugurou a Pousada Pedra Azul, uma unidade hoteleira, transformando-se no precursor da afirmação turística de montanha do Espírito Santo. 

O empresário também atuou na política como senador da República, representando o Espírito Santo entre 1991 e 1999. Na época, era suplente do candidato eleito Élcio Álvares, que foi nomeado Ministro da Indústria e Comércio do governo Itamar Franco. 

Durante a carreira empresarial como um dos maiores exportadores de café do país, recebeu inúmeras e importantes condecorações e homenagens em âmbito estadual, nacional e internacional, como: 

  • 1979 - Ordem do Mérito Jerônimo Monteiro,  maior honraria do Espírito Santo;
  • 1982 - Ordem do Rio Branco do Governo Brasileiro por sua atuação como exportador de café; 
  • 2005 - Personalidade do ano, em Londres, por homenagem da Câmara de Comércio Brasil/Inglaterra;
  • 2010 - Personalidade do Mercado Exportador Internacional, como um das grandes personalidades exportadoras, por homenagem da National Coffee Association (NCA) dos Estados Unidos.

FAMÍLIA

No final da manhã deste sábado (09), os familiares de Jônice Tristão enviaram uma nota à imprensa. Confira na íntegra: 

"É com muito pesar que informamos o falecimento do empresário Jônice Tristão, que nos deixou na madrugada deste sábado.

Empresário revolucionário e inspirador, enxergando além do seu tempo marcou a história do café no Espírito Santo e do Brasil. Uma verdadeira referência em liderança e inteligência, Jônice deixa um legado empresarial que perpetuará em nossas histórias.

Ele se despede de sua querida família, sua esposa, Ilza, seus filhos, Ronaldo, Sérgio, Ricardo (em memória) e Patrícia, seus netos e bisnetos, e todos os outros familiares e amigos, que sempre estiveram perto nos momentos mais importantes."

GOVERNADOR DECRETA LUTO

Ainda pela manhã, o governador Renato Casagrande se manifestou nas redes sociais lamentando a morte do empresário Jônice Tristão. Segundo a assessoria de comunicação do governo, foi decretado luto de três dias. 

Jônice Tristão, empresário capixaba

2005 - Jonice Tristão, que assumiu o comando das empresas de seu pai em 1960, recebe de Cesar Colnago e José Tasso a Comenda Domingos Martins, que é a mais alta honraria do Legislativo capixaba
2005 - Jonice Tristão, que assumiu o comando das empresas de seu pai em 1960, recebe de Cesar Colnago e José Tasso a Comenda Domingos Martins, que é a mais alta honraria do Legislativo capixaba. Mônica Zorzaneli/Arquivo A Gazeta
2005 - Jônice Tristão e sua esposa Ilze
2005 - Jônice Tristão e sua esposa Ilze. Adriano Souza/Arquivo A Gazeta
2005.  Jônice Tristão, Gilberto Michelini, cônsul da Finlândia,  e Irineu Vasconcellos
2005.  Jônice Tristão, Gilberto Michelini, cônsul da Finlândia,  e Irineu Vasconcellos . Adriano Souza/Arquivo A Gazeta
2005 - Jônice Tristão e sua filha Patrícia, trajetória de sucesso 
2005 - Jônice Tristão e sua filha Patrícia, trajetória de sucesso . Bruno Miranda/Arquivo A Gazeta
2006 - César Colnago, presidente da Assembléia Legislativa, Iara Corrêa, viúva e o empresário Jônice Tristão, durante a inauguração do Centro de Memória José Luiz Cláudio Corrêa.
2006 - César Colnago, presidente da Assembléia Legislativa, Iara Corrêa, viúva e o empresário Jônice Tristão, durante a inauguração do Centro de Memória José Luiz Cláudio Corrêa. . Chico Guedes/Arquivo A Gazeta
2006 - Jônice Tristão fala durante a sessão solene no plenário da Assembléia Legislativa, em homenagem ao ex-deputado José Luiz Cláudio Corrêa 
2006 - Jônice Tristão fala durante a sessão solene no plenário da Assembléia Legislativa, em homenagem ao ex-deputado José Luiz Cláudio Corrêa . Chico Guedes/Arquivo A Gazeta
2008 - Jônice e Ilze Tristão em um evento das famílias Camporez e Martins
2008 - Jônice e Ilze Tristão em um evento das famílias Camporez e Martins. Octávio Bastos/Arquivo A Gazeta
2012 - Otacilio Coser, Jônice Tristão e Renato Casagrande dedurante o 7º Encontro de Lideranças da Rede Gazeta
2012 - Otacilio Coser, Jônice Tristão e Renato Casagrande dedurante o 7º Encontro de Lideranças da Rede Gazeta. Cacá Lima/Arquivo A Gazeta
1977 - Jônice Tristão e Geraldo Siqueira com o Presidente Geisel em sua visita à Real Café em 1977
 
1977 - Jônice Tristão e Geraldo Siqueira com o Presidente Geisel em sua visita à Real Café em 1977  . Arquivo A Gazeta
2013 - Jônice Tristão e Michel Temer no 8º Encontro de Lideranças da Rede Gazeta ,que reuniu os maiores líderes políticos e empresariais do ES
2013 - Jônice Tristão e Michel Temer no 8º Encontro de Lideranças da Rede Gazeta ,que reuniu os maiores líderes políticos e empresariais do ES. Guilherme Ferrari/Arquivo A Gazeta
2014 - Dom Luiz Mancilha Vilela na celebração das Bodas de Diamante de Ilza e Jônice Tristão na Pedra Azul
2014 - Dom Luiz Mancilha Vilela na celebração das Bodas de Diamante de Ilza e Jônice Tristão na Pedra Azul . Mônica Zorzaneli/Arquivo A Gazeta
2014 - Jônice e Ilza Tristão com a neta Gabriela na Bodas de Diamante do casal em Pedra Azul
2014 - Jônice e Ilza Tristão com a neta Gabriela na Bodas de Diamante do casal em Pedra Azul . Mônica Zorzaneli/Arquivo A Gazeta
2014 - Cariê Lindenberg e Jônice Tristão durante 9º Encontro de Lideranças Empresariais, realizado na Pousada Pedra Azul -
2014 - Cariê Lindenberg e Jônice Tristão durante 9º Encontro de Lideranças Empresariais, realizado na Pousada Pedra Azul -. Fernando Madeira
2014 - Renato Casagrande e Virginia Casagrande, Ilza e Jônice Tristão
2014 - Renato Casagrande e Virginia Casagrande, Ilza e Jônice Tristão . Mônica Zorzaneli/Arquivo A Gazeta
2015 -  Jônice Tristão e seu filho Sérgio Tristão em ano de comemoração dos 80 anos do Grupo Tristão 
2015 -  Jônice Tristão e seu filho Sérgio Tristão em ano de comemoração dos 80 anos do Grupo Tristão . Marcelo Prest/Arquivo A Gazeta
2015 - Jônice Tristão, comemorando 80 anos do Grupo Tristão
2015 - Jônice Tristão, comemorando 80 anos do Grupo Tristão. Marcelo Prest/Arquivo A Gazeta
2015  - Leo Siqueira e Jônice Tristão
2015  - Leo Siqueira e Jônice Tristão. Mônica Zorzanelli/Arquivo A Gazeta
2016 -  Ricardo Ferraço e Jônice Tristão 
2016 -  Ricardo Ferraço e Jônice Tristão . Cacá Lima/Arquivo A Gazeta
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país. Thiago Guimarães/Arquivo A Gazeta
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país
2017 - O empresário Jônice Siqueira Tristão recebendo homenagem da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pela contribuição de sua empresa no desenvolvimento econômico do ES e do país

A HISTÓRIA DO GRUPO TRISTÃO E DE JÔNICE TRISTÃO

1935 - Secos e molhados

O grupo Tristão nasceu como uma loja, a Casa Misael, em Afonso Cláudio, que vendia de tudo, era um “secos e molhados”. Com altos e baixos das entressafras, José Ribeiro Tristão começou a vender, anotar e receber em sacas de café, transformando-o em moeda de troca.

1955 - Reforço 

Em 1955, Jônice Tristão voltaria do Rio de Janeiro, onde viveu 12 anos, para ajudar o pai na loja. A Casa Misael já tinha filiais em Santa Teresa, Itaguaçu e Laranja da Terra.

1960 - Exportações 

Em abril de 1960, Tristão ingressa no desafio da exportação, fazendo pelo Porto de Vitória, para Le Havre, na França, sua primeira remessa de 250 sacas de café. Na época, Jônice Tristão assumia o comando da empresa

1965 - Líder 

Com mercado nos Estados Unidos, França, Grécia, Líbano e Argentina, a Tristão se torna a maior exportadora de café pelo Porto de Vitória em 1965. Em 1978, a empresa assume a liderança nacional, posição que ocupa até 1988.

1968 - Expansão

A Tristão abre sua primeira filial no Rio de Janeiro. Dalí, a empresa abriu unidades em Santos, Paraná, São Paulo e sul de Minas, com objetivo de comprar café direto do produtor.

1971 - Erradicação

Entre 1962 e 1967, em função da queda do preço do café, metade dos cafezais capixabas foi destruída. Em 1971, a Tristão, com incentivo fiscal do governo do Estado, constrói a Real Café Solúvel do Brasil, e aposta no incentivo ao café conilon – no período, se produzia 100 mil sacas dessa variedade no Estado.

 1974-1978  Diversificação

Em 1974, a Tristão cria a Cafuso, marca local de café torrado e moído. Na mesma época, começam as diversificações, com investimento até no negócio do abacaxi e de melhoramento de suínos. Entre 1978 e 79, o grupo abre escritórios para negócios do café em Londres e Nova York. Em 1985, o grupo chega ao ramo da hotelaria e abre a Pousada Pedra Azul.

 1988 - Partilha

Em 1988, Jônice Tristão entrega o controle das empresas a seus filhos. Ronaldo e Ricardo foram cuidar dos negócios em Londres e Nova York e Sérgio assumiu o controle das exportações brasileiras. Ricardo, porém, faleceu em 2017 de infarto. 

Café capixaba Tristão

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.