ASSINE

Paciente com coronavírus em Linhares é professor e teve contato com alunos

Profissional trabalha em duas escolas da cidade, em uma delas ele deu aulas durante quatro dias antes de ser diagnosticado com a doença

Publicado em 15/03/2020 às 21h15
Atualizado em 16/03/2020 às 15h40
Imagem do vírus coronavírus analisado no laboratório. Crédito: Freepik
Imagem do vírus coronavírus analisado no laboratório. Crédito: Freepik

O morador de Linhares, no Norte do Espírito Santo, que foi diagnosticado com coronavírus no sábado (14) é professor e teve contato com diversos alunos e com outros funcionários durante a semana. Ele trabalha em duas escolas da cidade. As informações foram confirmadas pelo prefeito do município, Guerino Zanon, após a prefeitura suspender as aulas das escolas da rede municipal na noite deste domingo (15).

De acordo com o prefeito, a situação que mais preocupa é da Escola Municpal Auto Guimarães, onde o professor trabalhou entre terça (10) e sexta-feira (13) da última semana, antes de ser diagnosticado com o coronavírus. A unidade fica no bairro Shell. O servidor também leciona em uma escola da rede estadual, que fica no interior de Linhares. 

Neste domingo (15), o prefeito Guerino Zanon chegou a informar, para a reportagem de A Gazeta, que o professor também trabalhava na Escola Municipal Professora Maria Aparecida Lavagnoli, no bairro Interlagos. Nesta segunda-feira (16), a prefeitura, através da assessoria de comunicação, corrigiu a informação dada pelo prefeito. A prefeitura afirmou que quem trabalha nessa escola é a esposa do professor, que testou negativo para o coronavírus.

Este vídeo pode te interessar

O prefeito informou ainda que Linhares possui outros 10 casos suspeitos da doença e que estão em investigação, a maioria dessas pessoas teve contato com o professor infectado, incluindo alunos. Por isso, a prefeitura redobrou atenção com todos os estudantes e funcionários das escolas.

“Todos os funcionários e alunos que tiveram contato direto com esse professor já estão sendo monitorados. E se algum apresentar qualquer sintoma dentro dos classificados como de Covid-19, nossa equipe está de prontidão para as medidas necessárias”, destacou o prefeito

Segundo a  Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a transmissão local do professor foi com o cunhado do homem vindo da Inglaterra, que foi o segundo diagnosticado com a doença no Estado, e que acabou deixando Vila Velha e viajando para São Paulo, mesmo com a determinação de ficar em isolamento.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Linhares Coronavírus linhares Coronavírus no ES

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.