ASSINE

“Não venham para Regência”, pede associação a surfistas

O pedido foi feito pela Associação de Surf de Regência (ASR), litoral de Linhares, no Norte do Espírito Santo, por conta do coronavírus

Publicado em 07/04/2020 às 14h11
Atualizado em 07/04/2020 às 16h24
Associação pede que surfistas não
O pedido foi feito pela Associação de Surf de Regência por conta do coronavírus. Crédito: Associação de Surf de Regência 

A Associação de Surf de Regência (ASR), litoral de Linhares, emitiu uma nota pedindo que os surfistas não se desloquem para a vila. O objetivo é evitar a circulação de pessoas de outras regiões, evitando a possibilidade de contaminação pelo novo coronavírus. Segundo representante da ASR, o comunicado foi divulgado, principalmente diante da previsão de ondas, o que geralmente atrai surfistas de todo o Espírito Santo para a comunidade.

De acordo com a nota, as entradas do Point 1, Point 2 e Reserva estão fechadas, além da praia que está sendo monitorada pelo ICMBio e pela Polícia Ambiental. A orientação, segundo a ASR, é para que os associados cumpram o isolamento social, seguindo as recomendações dos órgãos competentes. “Não estamos recebendo visitantes. Não seja uma ameaça para nossa comunidade. Cumpra sua quarentena onde está”, pede o comunicado.

07/04/20 - Linhares - “Não venham a Regência”, pede associação a surfistas
07/04/20 - Linhares - o comunicado foi divulgado, principalmente diante da previsão de ondas, o que atrai surfistas de todo o Es. Crédito: Leonardo Goliver

Segundo Hualey Valim, secretário da ASR, o pedido é para proteger as famílias que vivem na vila. “Somos de uma comunidade tradicional, pequena, fragilizada pelo rompimento da barragem, com muitos anciãos, que precisa pensar no isolamento no núcleo familiar, mas também no isolamento comunitário. A comunidade tem uma lógica de funcionamento diferente da cidade, logo, precisa pensar outras ações em relação à quarentena. Uma característica da vila é sua tranquilidade que atrai pessoas o ano todo, mas agora não é hora de visitantes olharem pra vila desta forma. É hora de cada um cumprir sua quarentena onde está”, reforçou.

Ainda segundo Valim, as medidas visam garantir a saúde de todos durante a pandemia do novo coronavírus: "É uma barreira de consciência, um pedido de respeito e distância até o tempo melhorar", ressaltou.

Pedido de Associação de Surf de Regência
Pedido de Associação de Surf de Regência. Crédito: Reprodução

COVID-19 EM LINHARES

O município de Linhares, Região Norte do Espírito Santo, já registrou 8 casos de contaminação pelo novo coronavírus. Segundo o último boletim Epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (6), dois pacientes seguem em isolamento domiciliar e um está internado no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus.

Segundo a prefeitura, do total de casos confirmados, cinco pacientes já são considerados curados clinicamente. Até o momento, 193 casos foram notificados no município.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.