ASSINE

Caciques suspendem visitas a aldeias de Aracruz por conta de coronavírus

A suspensão é válida para todas as 12 aldeias do município por tempo indeterminado

Publicado em 07/04/2020 às 10h12
Atualizado em 07/04/2020 às 14h28
07/04/20 - Aracruz - Caciques suspende visitas a aldeias de Aracruz por causa do coronavírus
O Cacique Roberto Whera, da Aldeia Olho D’água (Tekoa Tetxary), reforçou o pedido para que todos fiquem em casa. Crédito: TV Gazeta Norte/Reprodução

Caciques das aldeias Tupinikim e Guarani, em Aracruz, Região Norte do Espírito Santo, decidiram adotar medidas mais rígidas com o objetivo de proteger os índios da pandemia do novo coronavírus. Por causa dos riscos de contaminação, as visitas nas aldeias do município foram suspensas por tempo indeterminado.

De acordo com o cacique Roberto Whera, da Aldeia Olho D’água (Tekoa Tetxary), o pedido é para que todos permaneçam em casa neste momento. “Devido à pandemia do Covid-19, a gente, como cacique e liderança, decidiu que, por um período indeterminado, visitas de não indígenas estão suspensas para o bem de nossas comunidades e para resguardar os mais velhos, inclusive nossas crianças. Gostaria muito que a população não indígena respeitasse a decisão da nossa comunidade”, pediu.

Prefeitura de Aracruz informou que todas as orientações de prevenção ao coronavírus estão sendo passadas para a população indígena e a fiscalização do município também está atuando nessas regiões. A prefeitura informou ainda que está sendo preparado na sede do município um espaço com leitos específicos para a comunidade indígena caso seja necessário.

Aracruz possui 12 aldeias indígenas, sendo seis Tupinikim e seis Guarani. Nessas comunidades vivem cerca de 1.400 famílias que preservam suas culturas e o modo de vida. As aldeias se destacam no turismo, já que é a única cidade que ainda possui índios aldeados no Espírito Santo.

CASOS DE COVID-19

O último Boletim Epidemiológico da Prefeitura de Aracruz, divulgado nesta segunda-feira (6), confirmou mais dois casos de contaminação pelo novo coronavírus. Os pacientes diagnosticados com a Covid-19 são um homem, de 47 anos e uma mulher de 27.

O homem, segundo a prefeitura, está internado em estado grave no Hospital São Camilo. Já a mulher está em isolamento domiciliar. Com os novos casos, subiu para seis o total de casos confirmados de contaminação por transmissão comunitária em Aracruz.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.